27.3 C
Manaus
quinta-feira, abril 18, 2024

Governo do Amazonas assina convênios de R$ 27,4 milhões para investimentos em Lábrea, Manicoré e Maués

O Governo do Amazonas vai repassar recursos para os três municípios investirem, respectivamente, na pavimentação de ruas, na educação e no setor primário

Por

Nesta segunda-feira, 8/11, o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC) assinou convênios com as prefeituras de Lábrea, Manicoré e Maués, que somam R$ 27,4 milhões. O Governo do Amazonas vai repassar recursos para esses municípios investirem, respectivamente, na pavimentação de ruas, na educação e no setor primário.

O prefeito de Lábrea, Gean Barros (MDB), assinou o convênio para que o Estado repasse R$ 20,8 milhões, por meio da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), para recuperação de 30% do sistema viário na área urbana do município. O deputado estadual Adjuto Afonso (PDT) participou da reunião para formalização da parceria.

Por meio da Secretaria de Estado da Educação, o Governo do Amazonas vai repassar para Manicoré mais de R$ 1,6 milhão em cumprimento de emendas parlamentares. O prefeito Lúcio Flávio (PSD), assinou o convênio e a formalização contou com a participação da secretária estadual de Educação e Desporto, Kuca Chaves.

Do montante a ser repassado, R$ 800 mil são para aquisição de fardamento escolar para atender a demanda das unidades de ensino da rede municipal das zonas rural e urbana de Manicoré. Outros R$ 688 mi são para aquisição de material de expediente para as escolas municipais. E R$ 198 mil serão para aquisição de equipamentos de informática para a Escola Municipal São Francisco de Assis, na zona rural do município.

As emendas são de autoria dos deputados Therezinha Ruiz de Oliveira (PSDB) e Felipe Souza (PHS) e do ex-deputado estadual Josué Neto.

Setor agropecuário – Por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), o Governo do Amazonas vai repassar R$ 5 milhões para a Prefeitura de Maués. Os recursos serão empregados na recuperação de áreas de pastagens degradadas através da mecanização, correção e preparo do solo, explicou o prefeito Junior Leite (PSC).

Também serão adquiridos geradores de energia elétrica e implementos para casas de farinha, como fornos, telhas e bancadas de madeira. Os grupos geradores serão implantados nas comunidades onde não há o fornecimento de energia elétrica e o objetivo é incentivar a atividade agrícola.

——–

Da Redação com informações da Secom

Fotos: Diego Peres/Secom

Fique ligado em nossas redes

spot_img

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -