30.3 C
Manaus
domingo, junho 16, 2024

Prefeitura de Tefé promove gastos milionários e desagrada moradores do município

A desconfiança surgiu em função do prefeito da cidade, Nicson Marreira já ter promovido licitações com obras, supostamente, fantasmas. Para os moradores, o gasto de mais de R$ 4 milhões com as obras recém licitadas poderia ser investido em outras ações consideradas mais urgentes neste momento

Por

Uma licitação para construção de uma ciclo faixa por mais de R$1,9 milhão e licitações para construção de centros de convivência pelo valor estimado de R$ 2,8 milhões acendeu o sinal de alerta entre os moradores de Tefé (a 523 quilômetros de Manaus). A desconfiança surgiu em função do prefeito da cidade, Nicson Marreira (PTB) anunciar reformas em supostas obras fantasmas no município.

O caso foi noticiado em julho pelo Portal O Convergente, após o prefeito fazer licitações no valor de mais de R$ 6 milhões para reformar escolas que, supostamente, não existem na cidade.

Nas licitações atuais, homologadas no mês passado, duas empresas venceram a concorrência para a construção de três centros de convivência e uma ciclo faixa na cidade. A obra da ciclo faixa foi muito questionada pelos moradores, uma vez que diferentemente de Manaus, o trânsito em Tefé não é intenso, não sendo, portanto, necessária a construção de tal obra.

Somente a construção dessa obra vai custar aos cofres públicos do município R$1.967.945,97 (um milhão novecentos e sessenta e sete mil novecentos e quarenta e cinco reais e noventa e sete reais).

O valor, segundo informações do Despacho de Homologação e Ajudicação referente a Tomada de Preço Nº 04/2021/CPL é para a “contratação de pessoa jurídica na Execução de Obra e serviços de engenharia para serviço de Recuperação de Passeio Público e Implantação de Ciclo Faixa, Município de Tefé”.

O documento homologado no dia 28 de setembro e publicado no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Amazonas no dia 30/9 não detalha o tempo das obras, nem oferece mais informações sobre a licitação.

O processo foi vencido pela empresa Macedo e Rebolças LTDA, CNPJ: 04.780.509/0001-55. A empresa sediada em Tefé, coincidentemente, venceu uma outra licitação para a “Execução de Obra e serviços de engenharia para Construção de Espaço Educativo Rural – na Comunidade Agrovila da Emade do Município de Tefé”.

O contrato assinado pelo prefeito da cidade foi homologado na mesma data em que o processo licitatório para a construção do ciclo faixa também foi homologado. Por esse serviço, a Macedo e Rebolças vai receber do poder público R$1.305.186,80 (um milhão trezentos e cinco mil, cento e oitenta e seis reais e oitenta centavos).

Os detalhes sobre a obra e os prazos de realização não estão descritos no despacho de homologação e adjudicação referentes à Tomada de Preço Nº 06/2021/CPL.

Confira: 

Suspeita – As obras, assim como outras duas relacionadas a dois centros de convivência a serem construídos ou concluídos no município, não agradaram aos moradores de Tefé. Isso porque muitos acreditam que, neste momento, os valores poderiam ser investidos em outras situações consideradas mais relevantes.

“Eu queria saber qual a necessidade de uma ciclo faixa, por exemplo? Acho que a gente não precisa disso aqui, afinal não tem tantos carros e muito menos muita gente andando de bicicleta. Então não entendo porque gastar tudo isso com essa construção”, reclamou o morador que preferiu não ser identificado.

Outro morador, que também preferiu ter a identidade preservada, questionou a obra da ciclo faixa e opinou que os centros de convivências até são importantes, mas poderiam ser feitos em outro momento.

“A gente está no meio de uma crise. Muita gente sem emprego. Será que agora estamos mesmo precisando desse tipo de obra? Eu acho que esse dinheiro poderia ser usado, já que tem aí aos montes, em algum tipo de projeto para ajudar a população que está sofrendo”, sugeriu.

Conclusão e construção – Além das obras citadas, a Saracura Construção EIRELI, CNPJ: 13.752.125/0001-10, venceu mais dois processos licitatórios para a “Execução de Obra e serviços de engenharia para serviço de Conclusão da Construção do Centro de Convivência do Idoso” e a “Construção de Espaço de Convivência e Lazer, no Bairro Deus é Fiel do Município de Tefé”. Juntas as licitações somam mais de R$ 1,5 milhão.

As homologações dos dois contratos formalizando a Saracura como vencedora dos processos licitatórios foram realizadas entre os dias 28 e 29 de setembro, sendo publicadas no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Amazonas no dia 30/09.

Confira:

 

Os quatros contratos têm a assinatura do prefeito Nicson Marreira, mas não detalham prazos e período de execução das obras. O Portal O Convergente entrou em contato com a prefeitura da cidade para mais informações quanto as obras, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.

— —

Por Izabel Guedes

Foto: Divulgação / Ilustração: Marcus Reis

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -