25.3 C
Manaus
quarta-feira, maio 29, 2024

Arthur Neto afirma que Omar recorreu ao STF para se resguardar por vazamento de documentos da CPI

O ex-senador e ex-prefeito de Manaus, Arthur Neto afirmou que o senador Omar vazou documentos da CPI da Covid em favor de uma emissora de televisão e, por isso teria recorrido ao STF pedindo um Habeas Corpus para não ser preso.

Por

O ex-senador e ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PMDB) publicou em seu Twitter uma sequência de publicações em que afirma que o senador Omar Aziz (PSD), presidente da CPI da Covid, pediu Habeas Corpus ao Supremo Tribunal Federal (STF) para não ser preso pela acusação de ter distribuído documentos sigilosos da CPI da Pandemia para uma emissora de televisão. Ao que o STF teria negado.

Arthur falou ainda que Omar foi à CPI fazer o papel de: prender um sargento da reserva, se acovardar diante de um general da ativa e distribuir documentos sigilosos para fazer mídia, fazer política.

A publicação do ex-prefeito Arthur Neto dá sequência a uma série de artigos em que ele acusa o senador Omar da prática de crimes.

Investigação – Por meio de sua assessoria de comunicação, o senador Omar afirmou que a informação é falsa e que a Polícia Federal e a Justiça já foram acionadas, na manhã desta segunda-feira, 23, a fim de que se investigue os autores e propagadores de Fake News.

“Não podemos permitir que ninguém invente mentiras, divulguem fake news, ataquem a honra de outros com interesses mesquinhos e politiqueiros, e saia impune. A Justiça será feita”.

Íntegra da nota

A informação divulgada na mídia e nas redes sociais de que o senador Omar Aziz (PSD-AM) solicitou Habeas Corpus, no Supremo Tribunal Federal (STF), para evitar prisão é falsa.

A Polícia Federal e a Justiça já foram acionadas, na manhã desta segunda-feira, 23, a fim de que se investigue os autores e propagadores de Fake News.

“Não podemos permitir que ninguém invente mentiras, divulguem fake news, ataquem a honra de outros com interesses mesquinhos e politiqueiros, e saia impune. A Justiça será feita”.

Omar Aziz, senador do Amazonas

— —

Da Redação

Fotos: Divulgação / Ilustração Marcus Reis

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -