29.3 C
Manaus
quarta-feira, junho 12, 2024

#24J: Ato contra governo Jair Bolsonaro acontece em todo Brasil neste sábado, 24/7

A última manifestação contra o presidente ocorreu há menos de um mês, em 3 de julho, e reuniu cerca de 290 cidades do país e do exterior. Foi o terceiro grande protesto contra Bolsonaro em dois meses

Por

Mais uma grande mobilização contra o governo Jair Bolsonaro (sem partido) está sendo articulada por movimentos sociais, entidades sindicais, estudantis e partidos políticos para ocorrer no neste sábado, 24/7, em todo Brasil. Em Manaus, a concentração acontecerá na Praça da Saudade, Centro, a partir das 15h.

De acordo com informações do Sindicato dos Servidores da Justiça do Trabalho da 11ª do Amazonas e Roraima (Sitraam/RR), que irá participar do protesto, a reivindicação da mobilização é para barrar a Reforma Administrativa, pedir um Auxílio Emergencial Digno e exigir mais vacinas.

O movimento denominado como #24J – “dia de unir o país em defesa da democracia, da vida dos brasileiros e do fora Bolsonaro”, acontece durante todo o sábado pelo Brasil.

Conforme Luiz Claudio Correa, presidente do SitraAM/RR, este é o quinto mês em que as mobilizações são realizadas contra a falta de políticas do Governo Federal durante a crise econômica e sanitária causada pela Covid-19. Soma-se a isso o desejo do ministro da Economia Paulo Guedes em aprovar a Reforma Administrativa, maior ameaça já vista ao serviço público.

Brasil – Em nota divulgada no último dia 21 de julho, partidos e centrais sindicais de São Paulo afirmam que é preciso combater a ação “criminosa” do atual presidente durante a pandemia da Covid-19 e lutar pela “defesa intransigente da democracia”.

O texto é assinado por 26 entidades, entre elas a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), a Federação dos Bancários de São Paulo e a União Nacional dos Estudantes (UNE); além dos partidos Cidadania, Rede Sustentabilidade, Solidariedade, Partido Verde (PV) e PCdoB.

A última manifestação contra o presidente ocorreu há menos de um mês, em 3 de julho, e reuniu cerca de 290 cidades do país e do exterior. Foi o terceiro grande protesto contra Bolsonaro em dois meses.

Nota na íntegra:
BLOCO DEMOCRÁTICO – Em Defesa da Vida e da Democracia
24 de Julho – #24J – Dia de unir o país em defesa da democracia, da vida dos brasileiros e do Fora Bolsonaro

O Brasil vive uma das maiores tragédias da sua história, com a perda de 540 mil vidas para a pandemia do Covid 19. Nesse difícil momento, a ação do governo federal tem sido marcada de maneira criminosa pela irresponsabilidade e descaso com a defesa da vida do nosso povo, atacando a ciência e sabotando a vacinação, usando o momento de dor e perda por que passamos como uma oportunidade para ações corruptas, reveladas pela CPI da pandemia.

Ao mesmo tempo em que sabota todos os esforços da sociedade para vencer o coronavírus, Bolsonaro ataca diariamente o regime democrático brasileiro e busca, inequivocamente, as condições para a imposição de um regime autoritário que destrua as instituições republicanas para acabar com as liberdades democráticas.

Não é a primeira vez que o Brasil enfrenta essa ameaça. Já assistimos a esse filme e sabemos o caminho para derrotar o arbítrio. É hora de unir os brasileiros, independente de colorações partidárias e ideológicas, na defesa intransigente da democracia. É preciso, ainda, apoiar as demandas sociais pelo auxílio emergencial de $600, vacina para todos já, contra a carestia e política ativa de geração de empregos de qualidade.

Por isso convidamos a todos para vir à Avenida Paulista, no dia 24 de julho. Estaremos com as nossas bandeiras do Brasil, em frente ao Conjunto Nacional, a partir das 15 horas.

Assinam o texto:
ACREDITO
AGORA
Central de Sindicatos Brasileiros (CSB),
Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB)
Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB)
Confederação das Mulheres do Brasil (CMB)
Derrubando Muros
Federação das Mulheres Paulistas – FMP
Federação dos Bancários de São Paulo
Força Sindical
Juventude Pátria Livre (JPL)
Juventude Socialista do PDT de São Paulo (JS)
Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST)
Pública Central do Servidor
União Geral dos Trabalhadores (UGT)
União da Juventude Socialista (UJS)
União Municipal de Estudantes Secundaristas (UMES)
União Nacional dos Estudantes (UNE)
CIDADANIA,
PV
PCdoB
PDT
PSB
PSDB
REDE SUSTENTABILIDADE
SOLIDARIEDADE


Por Lana Honorato
Foto: Divulgação

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -