27.3 C
Manaus
quarta-feira, julho 24, 2024

Investigado pela PF, Ricardo Salles pede demissão do governo Bolsonaro

Alvo de investigações, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, pediu demissão nesta quarta-feira, 23/6. Salles afirmou que apresentou o pedido de exoneração e que ele foi atendido pelo presidente.

Por

Alvo de investigações, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, pediu demissão nesta quarta-feira, 23/6, do governo de Jair Bolsonaro (sem partido). Logo depois, Salles concedeu entrevista a jornalistas justificando a sua saída. “Apresentei ao presidente o meu pedido de exoneração, que foi atendido”, afirmou ele.

Autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF, investigação da Polícia Federal (PF) apura se Salles atuou para afrouxar o controle do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) sobre a exportação de madeira. Segundo as investigações, ele reuniu-se em março do ano passado com um grupo de madeireiros no Pará que vinham tendo cargas de madeira retidas em portos no exterior por falta da autorização do Ibama.

A Operação Akuanduba executou buscas e apreensões nos endereços de Salles e de outros 21 investigados, entre servidores do ministério, dirigentes do Ibama e empresários do ramo madeireiro.

O ministro do Meio Ambiente também é alvo de outro inquérito, autorizado pela ministra Cármen Lúcia no início deste mês. Trata-se da Operação Handroanthus, também da PF, que apura a suposta prática de crimes com o objetivo de dificultar a fiscalização ambiental e impedir investigação que envolva organização criminosa, além de suposto crime de advocacia administrativa.

— —

Com informações Portal UOL

Foto e vídeo: Divulgação

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -