26.3 C
Manaus
segunda-feira, julho 15, 2024

Deputados estaduais cobram prefeitos do interior a agilizarem campanha de vacinação contra Covid-19

Deputados alegam haver falta de planejamento e comprometimento de gestores municipais para maior avanço da vacinação nos municípios do interior do Estado

Por

Houve cobrança durante a sessão plenária desta terça-feira, 15/6, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), para que os demais municípios do Estado façam, a exemplo de Manaus, mutirões de vacinação contra o coronavírus. O pedido partiu do deputado Carlinhos Bessa (PV).

Conforme ele, os municípios do interior têm vacinas, entretanto, falta planejamento para a evolução no número de pessoas imunizadas. Ele fez críticas aos gestores municipais. “As prefeituras têm vacinas. O que falta é planejamento e capacidade de realizar uma vacinação em massa. Infelizmente, o que falta é gestores públicos comprometidos com a vacinação de sua população. Aproveito a oportunidade para fazer um apelo para todas as prefeituras, para que também possam fazer o trabalho que tem que ser feito”, disse Bessa.

Na ocasião, o parlamentar, que é natural de Tefé, enfatizou que municípios como Manicoré, Parintins, Itapiranga, Benjamin Constant, Silves, Itacoatiara estariam nos primeiros lugares no índice de vacinação no interior do Amazonas e, segundo ele, esses dados só foram alcançados pelo comprometimento dos secretários de Saúde das respectivas cidades.

“Eu fico triste quando vejo o município de Tefé lá no final da fila em números de vacinas. Esses municípios estão fazendo o trabalho de imunização com capacidade e compromisso porque foram colocados secretários competentes. Agora quando o cara (prefeito de Tefé, Nicson Marreira) põe sua irmã como secretária de Saúde, que não conhece nada, dá nisso”, afirmou fazendo referência ao prefeito de Tefé que nomeou a irmã, Lecita Marreira como titular da Secretaria de Saúde do município.

O presidente da Aleam, deputado Roberto Cidade (PV) corroborou o discurso do colega de partido e ressaltou que os chefes dos executivos municipais devem utilizar como exemplo os municípios que estão à frente no ranking para tentar avançar na imunização da população.

“Temos ouvido muitos comentários de que tem vacinas no interior e não está sendo feita a vacinação. Acredito que temos que cobrar, principalmente, o interior e ver de que forma podemos contribuir para que as pessoas sejam vacinadas”, declarou Roberto Cidade.

Elogios – Durante a sessão, os parlamentares fizeram referências e parabenizaram o mutirão de vacinação contra a Covid-19 realizado em Manaus no último fim de semana. Ao longo da sessão, os deputados Abdala Fraxe (Podemos); João Luiz (Republicanos); Adjuto Afonso (PDT); Serafim Corrêa (PSB); Angelus Figueira (DC); Terezinha Ruiz (PSDB), além de Carlinhos Bessa, enalteceram o mutirão de vacinação.

O deputado Serafim Corrêa atribuiu o sucesso da ação aos trabalhos realizados, de forma integrada, pelas equipes das Secretarias de Estado de Saúde (SES-AM) e Municipal de Saúde (Semsa).

“Quero exaltar o bonito final de semana que tivemos. O Amazonas e Manaus deram um exemplo ao Brasil. Manaus extrapolou todos os objetivos, foi muito além, vacinou mais de 141 mil pessoas. Devemos entender que isso ocorreu graças ao bom entendimento das equipes da SES-AM e Semsa, que harmoniosamente e em perfeito entendimento das duas secretarias puderam vacinar 70 pessoas por minuto, isso foi uma marca histórica”, declarou Serafim.

Resultado do mutirão – O Governo do Estado e a Prefeitura de Manaus anunciaram a vacinação de 141.733, em 34 horas de trabalho ininterruptos. O “viradão”, que iniciou na manhã de sábado, 12/06, e encerrou no fim da tarde de domingo, 13/06, envolveu esforços de 4,5 mil servidores estaduais e municipais nos 57 postos de vacinação.

A mobilização também acelerou a vacinação de pessoas na faixa etária de 40 a 51 anos, que compreendem uma população estimada de 214 mil pessoas.

Vacinômetro – De acordo com dados da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), dados parciais do Programa Nacional de Imunização, da FVS-AM (PNI/FVS-AM), de segunda-feira, 14/6, apontam que 1.609.835 doses foram aplicadas em todo o estado, sendo 1.101.421 de primeira dose e 508.414 de segunda dose.

 

—-

Por Lana Honorato

Ilustração: Marcus Reis

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -