26.3 C
Manaus
sexta-feira, julho 19, 2024

Deputado Saullo Vianna destaca projeto de lei que anistia empréstimos feitos à Afeam

A anistia da cobrança de parcelas de financiamentos realizados junto a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) foi concedida através do projeto de lei, de autoria do deputado Saullo Vianna

Por

Os comerciantes que tiveram seus estabelecimentos prejudicados com a pandemia de Covid-19 e a cheia histórica de 2021 poderão ser isentos da cobrança das parcelas de financiamentos realizados junto a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam). A anistia foi concedida através do projeto de lei, de autoria do deputado Saullo Vianna (PTB), aprovado neste mês na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Conforme o deputado, o projeto de lei se justifica em razão dos diversos decretos e ações adotadas para conter o avanço da Covid-19 ao longo de um ano de pandemia que afetaram produtores rurais e empresários, além de comerciantes que tiveram seus mercados afetados pelo avanço das águas. Segundo Saullo, muitos desses trabalhadores tiveram as atividades prejudicadas com o fechamento de estabelecimentos, o que causou dificuldades para manutenção dos pagamentos.

“As pessoas que fizeram empréstimos junto a Afeam, que comprovarem que a sua atividade foi prejudicada por conta da cheia, vão receber uma anistia, ou seja, não vão mais dever a Afeam. Ela fica com o nome limpo para poder contrair um outro empréstimo quando essa situação passar”, informou o deputado estadual.

Interiores- Segundo a Defesa Civil, a cheia no Amazonas afeta pelo menos 55 dos 62 municípios do Estado. Essas cidades apresentam graves problemas causados por inundações. Para acompanhar a realidade dos comerciantes ribeirinhos, o deputado Saullo Vianna tem visitado os municípios para observar a situação e fornecer mantimentos para amparar os interioranos.

“Já não bastasse a pandemia, hoje nós temos a questão da cheia dos rios. Já é identificado que nós vamos ter a maior cheia dos últimos 100 anos e existem vários municípios que sofrem muito com as enchentes. Eu tenho feito questão de poder ir até esses municípios, junto as prefeituras e à Defesa Civil do Estado para que as ajudas possam chegar até essas pessoas necessitadas. E são várias ações, como entrega de cestas básicas, combustível, madeira, gás de cozinha, tudo para ajudar nas dificuldades que essas pessoas enfrentam”, finalizou Saullo Vianna.

Confira o vídeo:

Afeam – A Agência de Fomento do Estado do Amazonas é uma empresa pública, classificada como instituição financeira não-bancária, que oferece apoio creditício e de participações em ações técnicas público-privadas, que propiciem a geração de trabalho e renda.

_ _ _

Foto: Divulgação

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -