27.3 C
Manaus
terça-feira, julho 16, 2024

Presidente da CMM é contra projeto de lei que extingue recesso parlamentar no meio do ano

David Reis enfatizou ser contrário ao projeto de lei que extingue o recesso parlamentar no meio do ano. Ele, que figurava como coautor do PL, disse ter sido um equívoco da assessoria a presença de sua assinatura no projeto e determinou a imediata retirada

Por

Um dos vereadores mais ausentes da Câmara Municipal de Manaus (CMM) e que menos faz uso da palavra quando se faz presente na casa, o presidente David Reis (Avante) fez questão de ser enfático e incisivo na sessão plenária desta segunda-feira, 17/5, para negar ser coautor do projeto de lei que extingue o recesso parlamentar no meio do ano. De autoria do vereador Rodrigo Guedes (PSC), o PL que altera a lei orgânica do município de Manaus e suspende as férias parlamentares do meio do ano teria recebido, equivocadamente, a adesão de Reis.

O equívoco só foi descoberto quando o vereador Rodrigo Guedes conclamou os demais colegas parlamentares a apoiarem o projeto de lei que, naquele momento, já contava com 16 assinaturas. Conforme Guedes, o documento já tinha a adesão dos vereadores: Everton Assis, Caio André, Daniel Amaral, David Reis, Diego Afonso, Carpê, Jaildo Oliveira, Jander Lobato, Kennedy Marques, Lissandro Breval, Raulzinho, Mitoso, Rosinaldo Bual, Sandro Maia, Thaysa Lippy e Yomara Lins.

Confira os vereadores: 

Ao escutar que estava como coautor do projeto, David Reis pediu um a parte para corrigir Guedes e afirmar que não compactuava com a proposta. “Foi um equívoco cometido pela minha assessoria e, em função disso, minha assinatura já foi retirada. Não fui autor e não serei autor desse projeto”, afirmou o presidente.

Segundo Reis, o equívoco de sua assessoria fez com que muitos parlamentares assinassem o documento, porém, assim que foi constatada a divergência, ele mandou refazer o documento para retirar sua assinatura e deixar apenas o vereador Rodrigo Guedes como autor do projeto.

“O que eu tenho que repor é que ele (o projeto) não é de minha autoria e eu peço desculpas aos colegas vereadores que assinaram entendendo que a autoria do projeto fosse nossa. Portanto, apenas para repor a verdade, o autor do projeto é o vereador Rodrigo Guedes e nada contra a autoria. Eu não compactuo em extinguir o recesso, tendo em vista da forma que eu sempre exerci os recessos parlamentares como vereador da cidade de Manaus”, afirmou David Reis.

Após o pronunciamento do presidente da CMM, Rodrigo Guedes apelou mais uma vez aos seus pares para pedir apoio ao projeto. “Mas eu gostaria que isso fosse uma conjuntura de assinatura unânime. Nós estaríamos dando um gesto para melhorar a imagem não só do parlamento, mas da política. É isso queremos, fazer diferente”, finalizou Guedes.

— —
Por Juliana Freire

Fotos: Divulgação

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -