26.3 C
Manaus
terça-feira, julho 16, 2024

Dança das cadeiras: três deputados devem deixar o parlamento para assumir secretarias de Estado

O governador Wilson Lima deve nomear, nos próximos dias, os deputados Joana Darc, Carlinhos Bessa e Saullo Viana em secretarias estratégicas do governo como estratégia de fortalecimento de sua imagem para as eleições 2022

Por

A dança das cadeiras com o objetivo de fortalecer a imagem do governo Wilson Lima (PSC) deve ser concretizada nos próximos dias na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). Devem deixar o parlamento estadual os deputados Joana Darc (PL), Carlinhos Bessa (PV) e Saullo Viana (PTB). Dando lugar aos suplentes Wanderley Dallas (Solidariedade), Dr. Miguel Carratte (PV) e Coronel Amadeu Soares (PPS).

Os suplentes assumem as vagas como deputados estaduais do Amazonas no terceiro ano da 19ª Legislatura. Dos três, somente Coronel Amadeu não tem experiência no parlamento estadual. Miguel Carratte foi deputado estadual por dois mandatos e Wanderley Dallas por quatro.

Estratégia – Segundo informações de bastidores, as trocas de comando devem ocorrer na Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), no Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) e na Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), visam o fortalecimento da imagem do governador do Amazonas.

A deputada Joana Darc (PL) estaria cotada para assumir o comando da Sejusc. Já os deputados Saullo Viana e Carlinhos Bessa teriam sido convidados para assumir, respectivamente, o Idam e a ADS.

A tática de fortalecimento da imagem de Wilson Lima iniciou com a nomeação de Alessandra Campêlo para a Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas). A nomeação da deputada estadual do MDB, agora licenciada, para a função foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 17 de março deste ano.

Suplentes – Wanderley Dallas, que atuou como deputado estadual do Amazonas por quatro mandatos seguidos não conseguiu a reeleição nas Eleições de 2018. O ex-deputado, que teve uma atuação improdutiva na Aleam nos últimos anos de mandato, obteve 15.098 votos totalizados (0,85% dos votos válidos), mas não foi eleito no último pleito estadual. Dallas poderá assumir a vaga da deputada Joana Darc.

Ao longo de 16 anos seguidos de atuação como parlamentar, Wanderley Dallas obteve apenas 160 Projetos de Lei aprovados na casa e, na grande maioria, foram projetos que não trouxeram benefícios para a população do Estado. Os projetos podem ser conferidos no endereço: https://sapl.al.am.leg.br/parlamentar/24/materias

O suplente de Carlinhos Bessa, Dr. Miguel Carratte (PV) foi deputado estadual do Amazonas por dois mandatos, de 1999 a 2003, de 2003 a 2007. O ex-deputado foi alvo do Ministério Público do Amazonas (MPAM), que ingressou com uma ação civil pública de ressarcimento ao erário e por ato de improbidade administrativa contra ele e a esposa, a vereadora Glória Carratte (PL).

Segundo o MPAM, Miguel e Glória utilizaram ilegalmente servidores de gabinete da Aleam e da Câmara Municipal de Manaus (CMM) para trabalhar nas entidades “Casa de Saúde Santa Clara” e “Casa de Saúde Associada da Compensa”, de propriedade dos dois. O ex-deputado e a foram condenados, em fevereiro deste ano, a devolver R$ 3,3 milhões aos cofres públicos por enriquecimento ilícito em ação sobre Organizações Não Governamentais (ONGs).

O ex-secretário de Estado de Segurança Pública do Amazonas, Coronel Amadeu Soares ficou como suplente do deputado Saullo Viana. Soares protocolou em fevereiro deste ano um pedido de cassação do mandato de Saullo Viana por quebra de decoro parlamentar.

Em maio deste ano, o plenário do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) absolveu, por unanimidade, o deputado estadual da acusação de fraude na eleição de 2018 imputada pelo suplente.

Resposta – O Portal O Convergente entrou em contato com as assessorias dos três parlamentares para confirmar as especulações. Por meio da assessoria, a deputada Joana Darc informou que está de licença-maternidade e até o fim dela, a prioridade é o filho Joaquim. Quando retornar à Aleam irá tratar dos assuntos políticos.

Já as assessorias dos deputados Carlinhos Bessa e Saullo Viana informaram não proceder as informações quanto a ida dos parlamentares para o quadro funcional do Governo do Estado.

—-

Por Lana Honorato

Foto: Divulgação

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -