27.3 C
Manaus
sexta-feira, fevereiro 23, 2024

Falta de compromisso com o Amazonas é principal crítica de parlamentares quanto a passagem de Bolsonaro pelo Estado

A visita de Bolsonaro ao Estado na última sexta-feira, 23/4, continua rendendo críticas por parte dos parlamentares do Estado. Sem propostas efetivas, deputados reclamam que vinda do presidente ao Amazonas foi em vão

Por

A passagem por Manaus do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na última sexta-feira, 23/4, continua rendendo críticas. Sem apresentar propostas efetivas para o fortalecimento da Zona Franca de Manaus (ZFM) ou sobre a pavimentação da rodovia federal BR-319, a vinda do presidente é considerada vazia pelos parlamentares do Estado.

Os deputados federais Marcelo Ramos (PL), José Ricardo (PT) e deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) se manifestaram contrários a visita do presidente à capital para participar da inauguração da expansão do Centro de Convenções Vasco Vasques. Eles também consideraram inoportuna a entrega do título de Cidadão do Amazonas, pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Insatisfação – Ao portal O Convergente, o deputado federal Marcelo Ramos classificou a presença do presidente em Manaus como frustrante, por não trazer respostas efetivas às demandas do Estado.

“Frustrante. Não teve nenhuma palavra sobre medidas preventivas em relação ao risco de terceira onda, apesar do governador (Wilson Lima) ter falado um dia antes com o ministro da Saúde sobre isso. Nada sobre Zona Franca de Manaus ou sobre a BR-319”, destacou o vice-presidente da Câmara dos Deputados.

Na ocasião da visita de Bolsonaro, Marcelo Ramos publicou em suas redes sociais que a vinda de um presidente ao Amazonas era importante, mas que preferiria que a visita fosse para inaugurar usinas de oxigênio e garantir kits de intubação para o Estado.

Benefícios zero – Ao portal O Convergente, o deputado José Ricardo destacou que a visita do Bolsonaro não trouxe nenhum benefício paro o Estado pelo fato de ele ter vindo para inaugurar o anexo de um espaço que não vai ser utilizado agora, e também por não apresentar medidas para fortalecer a ZFM.

“Gastou-se R$ 40 milhões no anexo do Vasco Vasques, quando ao lado tem a construção de um hospital que precisaria de R$ 20 milhões para realmente ajudar a população na área da saúde. Durante esse governo, foram só ameaças e medidas que prejudicaram a ZFM. Ele não trouxe nada que pudesse fortalecer a economia e investimentos para o desenvolvimento da ZFM e da BR-319, que ele não fala nada porque não tem nenhum projeto efetivo para concluir a rodovia”, declarou.

Para o parlamentar, o atual governo apenas prejudica o Amazonas, fazendo cortes importantes em recursos para o Estado. “O presidente cortou recursos na área da saúde, da educação, como o da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), e no meio ambiente, desmontando equipes e estruturas ambientais, sendo que o Estado é um dos que mais sofrem com desmatamento e as ameaças aos povos indígenas. Portanto, é um desgoverno”, concluiu o parlamentar.

Sem propostas – O deputado estadual Serafim Corrêa, falou ao O Convergente lamentando que o assunto ZFM, mais uma vez, tenha “passado em branco” pelo presidente da República. Conforme ele, Bolsonaro não tem proposta para fortalecer a economia no Amazonas.

“O presidente não tem nenhuma proposta para ZFM. Seu ministro da economia (Paulo Guedes) toda semana traz uma nova complicação que assusta novos investidores e até desanima investidores que já estão aqui. Mais uma vez ‘passou brancas nuvens’ o assunto ZFM”, comentou o parlamentar, que foi o único voto contrário ao projeto de concessão do título de Cidadão do Amazonas ao presidente.

Sobre a BR-319, Serafim Corrêa destacou que reconhece o esforço do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas para asfaltar 56 quilômetros do trecho do meio da rodovia.

“Reconheço o empenho do ministro Tarcísio, que está tentando superar as dificuldades que foram colocadas para que se asfaltem 56 quilômetros do trecho do meio da BR-319. Se isso acontecer na época do verão será um avanço, pequeno, mas será um avanço. Eu espero que isso aconteça. Eu não sou daqueles que torce contra”, pontuou o deputado estadual.

 

Por Lana Honorato
Foto: Divulgação

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -