25.3 C
Manaus
sexta-feira, julho 12, 2024

VÍDEO: “O Bumbódromo já cumpriu seu ciclo”; Wilson Lima deve revelar uma nova arena na abertura do Festival de Parintins

Em breve, a obra do ex-governador Amazonino Mendes, inaugurada em 1988, será peça de museu na ilha tupinambarana

Por

O maior festival folclórico a céu aberto do mundo começa nesta sexta-feira (28), dia de abertura do evento cultural do estado. O governador Wilson Lima (UB) está em Parintins para acompanhar a festa, além dos compromissos políticos na ilha tupinambarana. Hoje, conforme anunciou nas redes sociais nesta quinta-feira (27), Lima vai revelar a construção do novo Bumbódromo.

Em funcionamento há 36 anos, a arena da disputa entre os bumbás Caprichoso e Garantido, como disse Lima na publicação, vai “encerrar seu ciclo”. Em breve, a obra do ex-governador Amazonino Mendes, inaugurada em 1988, será peça de museu, conforme sinalizou o governador ao desembarcar na cidade.

“O Bumbódromo já cumpriu seu ciclo e já deu o que tinha que dar”, disse o mandatário ao ser questionado sobre um novo espaço para receber os turistas que vêm de várias partes do Brasil e do mundo para prestigiar o evento no interior do estado.

A ideia do novo palco do festival, que engrandece a economia do estado, já era cogitada pelo líder do governo desde 2023. No entanto, desde 2019, ele fez ampliações na estrutura do centro cultural, que tem capacidade para 16 mil pessoas.

A cada ano, o Festival de Parintins toma grandes proporções. O chefe do Executivo estadual frisou que, só este ano, serão mais de 120 mil pessoas na ‘ilha da magia’, como a cidade é conhecida, e mais de mil operações entre pousos e decolagens de aeronaves que estão realizando a ponte aérea Manaus/Parintins, com pelo menos 200 a mais que o quantitativo de 2023.

Centro Cultural de Parintins

Mais conhecido como Bumbódromo, o local onde ocorre o tradicional Festival Folclórico de Parintins é uma das mais importantes festas populares do país, reconhecida como Patrimônio Cultural do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Desde 1965, ano da primeira edição, o festival teve vários locais de disputa, como, por exemplo, a quadra da Catedral de Nossa Senhora do Carmo, a quadra da extinta CCE e o estádio Tupy Cantanhede. Até que, em 1987, o então governador Amazonino Mendes foi assistir ao festival e prometeu construir um local do tamanho que o festival merecia.

O espaço cultural foi inaugurado em 1988, durante o governo de Amazonino Mendes e o mandato do prefeito Gláucio Gonçalves. A estrutura recebeu o nome de Centro Cultural Amazonino Mendes, porém teve que mudar algum tempo depois por conta da lei que proibia a atribuição de nome de pessoas vivas a elementos públicos.

A arena tem o formato da cabeça de um touro, margeada por arquibancadas e setores de camarotes totalmente divididos em dois lados, que correspondem às torcidas dos bois Caprichoso e Garantido, cada um carregando a cor do boi correspondente.

Ilustração; Marcus Reis

Leia mais: Festival de Parintins deve movimentar cenário político às vésperas do início da campanha eleitoral

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -