27.3 C
Manaus
sexta-feira, maio 24, 2024

Vereadores repudiam fala de David Almeida em evento da prefeitura: “Atacar a Câmara não vai mudar a realidade da população”

Nessa segunda-feira (6), o prefeito David Almeida afirmou aos eleitores para tomarem cuidado ao votar para vereador no pleito de 2024

Por

Logo no início da sessão plenária desta terça-feira (7), os vereadores de oposição da Câmara Municipal de Manaus (CMM) repudiaram a fala do prefeito David Almeida (Avante), durante um evento da prefeitura, nessa segunda-feira (6).

Na ocasião, o prefeito de Manaus comentou aos eleitores presentes no evento do lançamento da nova etapa do programa “Asfalta Manaus”, para tomarem cuidado ao votarem para eleger vereadores para a CMM.

“Cuidado quando votar, principalmente, para vereador. A pessoa que pode estar batendo em sua porta, pedindo o seu voto, é o cara que está lhe negando uma escola reformada no seu bairro. Essa pessoa pode ser aquele que vai negar a construção de uma escola na tua comunidade”, disse o prefeito.

Ao subir na tribuna, o vereador Lissandro Breval (PP) falou do assunto no Grande Expediente. “Total falta de respeito com essa Casa. Aqui fica meu repudio às palavras do prefeito […] É preciso distinguir e separar a realidade do mundo encantado da prefeitura. Atacar essa Câmara e os vereadores, não vai mudar a realidade da população”, disse o parlamentar.

Além disso, o vereador ainda comentou sobre a oposição de alguns vereadores da CMM na votação do empréstimo de R$ 580 milhões. “Essa Câmara fez oposição ao empréstimo, porque grande parte dos vereadores ouve a população e sabe que os empréstimos aprovados aqui não chegaram à população”, afirmou.

Logo após a fala do parlamentar, outros vereadores da CMM comentaram sobre o assunto. O vereador Raiff Mattos (PL) foi um dos políticos que falou sobre a atitude do prefeito David Almeida, o qual o mesmo chamou que “menino”.

“O que o senhor fez foi um crime, induzir a população a não votar nos vereadores, lastimável! […] Qual será o próximo evento que o prefeito vai ter um ato de menino? […] Chateado porque alguns vereadores pensam diferente dele. Que seja tratado esse assunto da forma mais séria possível”, avaliou.

O vereador Marcelo Serafim (PSB) também usou o tempo de fala para tratar sobre o assunto e destacou que não vai se curvar às vontades do atual prefeito David Almeida.

“Não vou me curvar a esse tipo de coisa. Ainda não estamos nas eleições e o prefeito em muitos momentos diz que não vai tratar de eleição, mas ele não se aguenta […] O prefeito David ele se apequena a qualquer momento, basta que o prefeito tenha uma pequena vitória que ele deixa transbordar toda arrogância que parte do seu coração. É um prefeito arrogante e prepotente”, pontuou.

O vereador Bessa (PSB) foi outro parlamentar que também se pronunciou sobre o ocorrido. Para ele, os comentários de David Almeida mostram destempero por conta da eleição. “Mais uma vez o prefeito David se destemperou, […] há um desespero por parte da prefeitura. A gente entende o desespero, ele não consegue crescer nas pesquisas, a rejeição do prefeito só aumenta na cidade de Manaus”, disse.

O vereador Diego Afonso (UB) também falou sobre os comentários do prefeito David Almeida e, de acordo com ele, foi uma ação politiqueira. “Após uma ação desastrosa, politiqueira, já denunciado por esse poder o aparelhamento da máquina pública em todas as pastas”, disse.

“Vamos até o final da denúncia, se isso não for uma campanha antecipada ou uma indução de pedido de voto com a clareza que o vídeo traz, eu não sei o que é mais pedir voto, eu não entendo da legislação eleitoral”, completou.

Além disso, o vereador William Almeão (Cidadania) pontuou que o ato do chefe municipal ocorreu como palanque político no palco do evento da prefeitura de Manaus. “O que aconteceu foi mais um palanque político montado para fazer a inauguração de mais uma promessa […]. Muda todo o transporte de uma área, para isso, para atacar a Câmara, os vereadores que cobram e, principalmente, que tentam mudar os olhos da população para mostrar quem é que sobe no palanque para falar mais promessas”, afirmou.

Cobrança de posicionamento

O vereador Capitão Carpê (PL) se posicionou em relação aos comentários do prefeito e cobrou uma ação da Câmara Municipal de Manaus sobre a situação. “Ele quer imputar aos vereadores que votaram contra a sua incompetência e sua incapacidade de gerir a cidade. Ainda bem que mandato tem prazo de validade […]. Ou essa Casa toma uma postura que deve se tomar, ou vai ficar sendo atacada dia após dia por um prefeito que se acha dono da cidade de Manaus”, disparou.

Outro vereador que também falou sobre o assunto foi Rodrigo Guedes (PP), que também cobrou uma postura da Casa. o prefeito tem uma postura que não condiz com a postura de prefeito, ele não tem estatura, é uma pessoa pequena […] É lamentável que ele não respeita o Parlamento, cometendo ainda crime eleitoral. Se essa Câmara tiver o mínimo de decência, ela repudia essa ação e ingressa nos mecanismos eleitorais”, disse.

A vereadora Professora Jacqueline (UB) também falou sobre o ocorrido e afirmou que o prefeito tenta desconstruir a imagem da CMM. “Eu fico estarrecida com a postura do senhor prefeito em tentar desconstruir a imagem desse Parlamento, que sempre o apoiou até o momento em que ele cumpriu e demonstrou que cumpria sua palavra”, afirmou.

Repúdio

Após as falas dos vereadores, o presidente da CMM, o vereador Caio André (UB), ressaltou que a Câmara repudia as ações do prefeito David Almeida e pontuou que os comentários do chefe municipal não diz respeito somente a oposição, mas aos 41 vereadores que compõem a Casa.

“Gostaria de deixar bem claro a posição da Mesa Diretora, que mais uma vez o discurso do prefeito ataca frontalmente, não os vereadores de oposição, não somente este Parlamento, mas afronta veementemente a separação dos Poderes e a harmonia. Isso, mais uma vez, demonstra que o prefeito de Manaus não é um homem afeito à harmonia, discussões. Se, por ventura, qualquer pronunciamento e votação vá de encontro com o que ele deseja, acontece o que aconteceu ontem. Essa Câmara e seus 41 vereadores foi novamente atacada pelo chefe do Poder Executivo e não diz respeito somente aos vereadores de oposição. Essa Câmara repudia esse tipo de pronunciamento e lamentamos muito que isso tenha acontecido”, pontuou.

Outro lado

O Convergente entrou em contato com a Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom) a respeito do repúdio dos vereadores com relação aos comentários do prefeito David Almeida durante o evento da Prefeitura de Manaus. Até o fechamento desta matéria, não houve retorno. O espaço segue aberto para esclarecimentos.

Leia mais: Em vídeo, Amom Mandel critica prefeito: “David Almeida está com medo”

___
Por Camila Duarte

Ilustração: Marcus Reis

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -