29.3 C
Manaus
sexta-feira, julho 12, 2024

TCE-AM e MPC-AM promovem seminário de preservação dos igarapés de Manaus

O evento contará com uma exposição interativa e itinerante que reproduz as casas e a estrutura de água e esgoto do Beco do Nonato, localizado no bairro Cachoeirinha, zona sul de Manaus

Por

O seminário tem como objetivo geral estimular a discussão sobre a degradação dos igarapés e a falta de saneamento adequado, além de identificar projetos e iniciativas de recuperação e governança, promovendo a troca de experiências entre os diversos atores envolvidos.

O evento, que ocorrerá nesta quarta-feira (20), contará com uma exposição interativa e itinerante que reproduz as casas e a estrutura de água e esgoto do Beco do Nonato, localizado no bairro Cachoeirinha, zona sul de Manaus.

A exposição foi montada pela concessionária e realizada pelos artistas, Antônio Paulo Rodrigues de Souza, Sincler Dias de Souza e Adilson Bittencourt de Araújo, e fará parte da programação do Seminário no qual serão discutidas a ocupação desordenada das margens dos igarapés, a baixa infraestrutura e a falta de monitoramento da qualidade das águas.

A programação se divide em dois painéis. O primeiro deles focará em ações institucionais e contará com a participação do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM), da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), além das Secretarias de Estado (Sema) e Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

Já o segundo painel trará apresentação de casos que exemplifiquem as discussões, com palestras de Thiago Flores, profissional em gestão regulação de recursos hídricos; Alexandre Rivas, diretor-geral da ECP; Jadson Maciel, presidente do Comitê de Bacia do Tarumã; e Jó Fernandes Farah, presidente da ONG Mata Viva.

O evento é aberto ao público, e as inscrições para a participação devem ser feitas no endereço eletrônico da Escola de Contas.

*Fonte: Assessoria TCE-AM

Foto: Divulgação/TCE-AM

Veja também:

O ex-prefeito de Itacoatiara, Mamoud Amed Filho, foi intimado nesta segunda-feira (18) pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) para pagar uma multa de R$ 23.516,34. A Justiça Eleitoral concedeu um prazo de 15 dias para o também ex-deputado estadual prestar contas.

A notificação do cumprimento da sentença (156) Nº 0600712-14.2020.6.04.0003 foi divulgada no Diário da Justiça Eletrônico (DJE). O documento, que não especifica a razão da multa aplicada ao éx-político, também informa que Mamoud Amed poderá, se assim desejar, pleitear o parcelamento da multa imposta dentro do mesmo prazo.

Leia mais: Ex-prefeito de Itacoatiara tem 15 dias para pagar multa de R$ 23 mil ao TRE-AM

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -