24.3 C
Manaus
quarta-feira, abril 17, 2024

Passagem para Gaza é fechada após caminhões levarem ajuda humanitária

Até o momento, não se sabe quando a passagem será reaberta

Por

A passagem fronteiriça de Rafah, que liga o Egito à Faixa de Gaza, foi fechada, neste sábado (21), de ambos os lados pelas autoridades que administram o local, depois que os 20 caminhões que levaram ajuda humanitária aos hospitais da região concluíram o transporte.

Segundo declarou o presidente do Crescente Vermelho do Norte Sinai, Khaled Said, à Agência EFE, até o momento, não se sabe quando a passagem será reaberta.

Ele enfatizou que os suprimentos entregues ao lado palestino de Rafah são “apenas ajuda médica”, que nenhuma das remessas incluía combustível, e que não se sabe quando uma nova entrega de ajuda ao enclave palestino será feita e quantos caminhões poderão entrar.

Ele afirmou brevemente que “não há informações sobre a saída de cidadãos estrangeiros de Gaza” e que “nada se sabe ainda” sobre quando e como isso poderá ocorrer.

O Crescente Vermelho Egípcio anunciou, em um comunicado, que levou ajuda humanitária para a Faixa de Gaza hoje para entregar à Sociedade do Crescente Vermelho palestino, “em um grupo de caminhões como um segundo lote”, uma vez que o primeiro foi entregue no último dia 9, antes de o bloqueio total da Faixa, ordenado pelo ministro da Defesa de Israel, Yoav Gallant, entrar em vigor.

“A ajuda foi preparada com necessidades médicas e de socorro básicas e com base nas necessidades do Crescente Vermelho Palestino”, diz a nota, que detalhou que a operação foi coordenada com agências estatais para facilitar a passagem dos caminhões na travessia de Rafah.

O vice-diretor do Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários nos territórios palestinos, Andrea De Domenico, admitiu para a EFE que essa ajuda não será suficiente para os palestinos em Gaza, onde vivem 2,3 milhões de pessoas, 1,4 milhão das quais, segundo essa agência da ONU, tiveram que deixar suas casas devido ao bombardeio israelense na parte norte da Faixa.

De Domenico disse que há “negociações” entre as partes envolvidas para tornar a entrega de ajuda “sustentável” ao longo do tempo.

Do lado egípcio de Rafah, os voluntários afirmaram que nenhuma ambulância ou caminhão de combustível entrou no local, e a ajuda é fornecida pelo Crescente Vermelho egípcio e pelas ONGs que fazem parte da coalizão governamental Aliança Nacional para o Desenvolvimento Civil.

Leia mais: Hamas divulga nota anunciando ter liberado dois reféns americanos

__

Por July Barbosa com informações BBC

Revisão textual: Vanessa Santos

Foto: Divulgação

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

spot_img

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -