30.3 C
Manaus
quarta-feira, junho 12, 2024

Argentina e FMI publicarão em breve decisão tomada em reunião sobre negociação de dívida bilionária

A Argentina chegou a enviar ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, uma carta assinada por seis países da região para solicitar ajuda na negociação com o fundo

Por

Nas últimas semanas, ocorreu uma reunião entre Argentina, Sérgio Massa e os membros do FMI para tomada de decisões sobre conseguir fundos na tentativa de negociar a dívida bilionária.

A princípio, Massa viajaria para Washington no início de julho, mas o ministro afirmou que a reunião foi feita on-line e que o resultado da discussão seria conhecido publicamente “muito em breve”.

Nos últimos dias, a Argentina chegou a enviar ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, uma carta assinada por seis países da região para solicitar ajuda na negociação com o fundo.

As duas partes negociam uma flexibilização do acordo assinado no ano passado diante da impossibilidade de o país sul-americano cumprir as metas estabelecidas, devido ao impacto econômico da guerra na Ucrânia e a uma seca histórica que afetou suas exportações.

Entenda o caso

No dia 18 de maio, o presidente argentino, Alberto Fernández, juntamente com os manifestantes em Buenos Aires, opuseram-se ao Fundo Monetário Internacional (FMI), mediante a várias tensões crescentes com o credor. O país estava passando por uma alta inflação.

Por conta disso, outros setores foram afetados tais como: as exportações de grãos, principal fonte de dólares da Argentina, levou os dois lados de volta à mesa de negociações para reformular o acordo. Buenos Aires deseja pagamentos mais rápidos e metas econômicas mais flexíveis.

Segundo o presidente argentino, Alberto Fernández, “Mais do que uma dívida, é um crime”. Colocou, então, em pauta um novo relatório de auditoria do governo; concluiu que o acordo original carecia de estudo de impacto e que não havia passado pelos canais legislativos adequados.

 

Por Tatiana Nascimento

Revisora: Vanessa Souza 

Foto: Divulgação

Leia Mais: Geraldo Alckmin quer colocar em prática a legalização de jogos de azar

 

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -