27.3 C
Manaus
sexta-feira, fevereiro 23, 2024

Especialista comenta pesquisa Ipec que aponta oscilação para baixo em índice de avaliação ótimo e bom de gestão Lula

Por

Pesquisa Ipec divulgada, nesta sexta-feira (9), pelo jornal O Globo aponta que o governo Lula (PT) oscilou para baixo no índice de avaliação ótimo e bom. A gestão do presidente é aprovada por 37% dos entrevistados, enquanto 28% avaliam o governo como ruim ou péssimo. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

O Ipec entrevistou 2 mil brasileiros entre 1º e 5 de junho em 127 cidades diferentes. Segundo o instituto, 37% dos brasileiros avaliam o governo Lula como ótimo ou bom, enquanto 28% dos entrevistados avaliam-no como ruim ou péssimo. Os outros 32% avaliam os cinco primeiros meses de Lula no Alvorada como regular e 3% não sabem ou não quiseram responder.

O índice de ótimo ou bom do atual governo oscilou dois pontos percentuais para baixo em relação ao levantamento do mesmo instituto, em 11 de abril, quando a aprovação era de 39%. Ruim ou péssimo oscilou para cima, passando de 26% para 28%.

Lula tem aprovação superior à de seu antecessor, Jair Bolsonaro (PL), levando em conta os cinco primeiros meses de governo. Em 1.º de junho de 2019, o Ibope “instituto que se tornou Ipec anos depois”, apontou a aprovação do governo Bolsonaro como de 32%.

O maior índice da série histórica do Ibope/Ipec é do primeiro mandato de Dilma Rousseff (PT). Em julho de 2011, a gestão da petista era apontada como ótima ou boa por 48% dos brasileiros. O pior índice é o de Michel Temer (MDB), que, em dezembro de 2016, tinha seu governo com ótimo ou bom para 13%.

O portal O Convergente entrou em contato com o Cientista político, Helso Ribeiro, para saber sua opinião a respeito da pesquisa realizada sobre a aprovação das realizações do governo Lula. “Houve uma oscilação um pouco, tá dentro da margem de erro, né? Para menos, né? A de abril, tinha trinta e nove, agora tá com trinta e sete, né? Ah é de bom e ótimo, né? E é isso, acho que manteve mais ou menos a pesquisa anterior e o que penso? Eu acho que hoje a democracia… Ela não pode, ela tem que avançar junto com as novas realidades. Então, hoje já se fala da democracia, eu penso que pesquisas como estas servem de termômetro principalmente para o governante ver onde estão, onde tem erros, onde tem acertos, e eles trabalham com isso, né? Se você pegar, na verdade, uma expectativa grande quando um governo começa, tem pessoas que veem os governantes como salvadores da pátria, elas não conseguem ver que elas também fazem parte desse processo”, pontou o especialista.

“Então, quando elas observam logo no começo que houve algo que frustrou, acabam não dando o apoio que estavam dando no início do governo. Isso é muito comum, né? Eu penso que uma pesquisa tem várias vertentes de leituras, né? Se você pegar, por exemplo, os cinco primeiros meses do ex-presidente Collor, do ex-presidente Temer, do ex-presidente Bolsonaro, você vai ver que ainda assim o atual presidente Lula tá melhor avaliado do que esses três que eu citei, por exemplo.”, continuou.

Helso também pontou sobre supostas oscilações na pesquisa. “E eu noto que esta oscilação pra baixo talvez seja devido – eu diria que – um dos grandes gargalos do atual governo é uma falta de articulação adequada no Congresso Nacional. Então aí MPs serem aprovadas no último minuto da prorrogação, né? O governo, por exemplo, tem partidos como União Brasil que tem ministérios, mas ao mesmo se colocam como um dependente. Então, isso embaraça parte da população que vê que os resultados não estão sendo aqueles que ela aguardava, né? Então eu vejo dessa forma”.

Ele, ainda, acrescentou: “Eu penso que essas pesquisas devem servir para você tirar um termômetro mais ou menos do que tá ocorrendo, né? É isso querida, olha deixa eu até falar uma brincadeira aí… Um primeiro diploma, eu sou técnico em estatística, né? Então a gente dizia na época do curso, né? Que tem três tipos de mentira, né? A mentirinha, aquela, tipo, ah, adorei teu vestido, a pessoa nem gostou, mas tá falando só pra agradar a mentira cabeluda né? O cara inventa algo assim grosseiro mesmo e a terceira é a estatística que permite vários direcionamentos”.

Leia mais: Hospital Delphina Aziz registra fila de pacientes do lado de fora

Por informações do Globo

Revisão Textual: Vanessa Santos

Colaboração: Helso Ribeiro

Foto: Divulgação

 

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -