27.3 C
Manaus
sexta-feira, fevereiro 23, 2024

Familiares de Amazonino Mendes ainda não decidiram sobre velório do político amazonense; corpo segue em SP

Segundo a assessoria do parlamentar, o corpo de Mendes ainda permanecerá por cerca de três dias em São Paulo para embalsamento e, após isso, a família vai decidir sobre a cremação ou não em Manaus

Por

A família do ex-governador Amazonino Medes (Cidadania), morto nesse domingo, 12/2, em São Paulo, após complicações de saúde, decidirá como será os trâmites para a possível realização de funeral em Manaus.

Segundo a assessoria do parlamentar, o corpo de Mendes ainda permanecerá por cerca de três dias em São Paulo para embalsamento e, após isso, a família vai decidir sobre a cremação ou não em Manaus.

“A família de Amazonino Armando Mendes ainda não decidiu sobre o velório. O corpo vai ficar uns três dias em São Paulo para ser embalsamado e depois vão decidir se será cremado ou não aqui em Manaus. Assim que tiver a definição informo por aqui”.

Agravamento na saúde – Com a saúde debilitada e logo após o término do pleito, em novembro, houve uma primeira internação, onde o ex-governador do Amazonas tratou uma  pneumonia e uma crise de diverticulite. Ele ficou na Unidade de Terapia Intensiva, depois recebeu alta, mas permaneceu na unidade hospitalar por 13 dias e foi liberado no início de dezembro.

No dia 18 de dezembro, Amazonino Mendes realizou uma consulta médica, na expectativa de que ele viria passar o Natal em Manaus com a família. No entanto, ele foi internado no dia 25, apresentando problemas respiratórios, foi diagnosticado novamente com pneumonia e com quadro de imunidade baixa. Ele passou mais de 30 dias internado nesta segunda internação

Pela terceira vez, em quatro meses, o político voltou a ser internado agora em fevereiro e não resistiu ao tratamento médico.

Ex-governador do Amazonas por quatro vezes, Amazonino Mendes deixa um legado na política amazonense, fazendo escola e projetando nomes importantes no cenário político local e nacional.

Breve histórico – Natural do município de Eirunepé, Amazonino Mendes tinha 83 anos de idade. Em sua longa carreira política foi Senador da República, prefeito de Manaus por três mandatos e quatro vezes governador do Estado.

Da Redação com informações da assessoria

Foto: Divulgação

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -