25.3 C
Manaus
terça-feira, maio 28, 2024

‘Pequenos grupos extremistas não vão mandar no Brasil’, diz Flávio Dino

Ministro da Justiça, Flávio Dino afirmou, por meio de sua redes sociais, que se atos extremistas de violência adentrarem a esfera federal a pasta atuará imediatamente

Por

Neste sábado, 7/1, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino (PSB), escreveu, em suas redes sociais, que as pessoas agredidas em “manifestações políticas” e em atos extremistas devem registrar boletins de ocorrência. Segundo o ex-governador do Maranhão, se os processos adentrarem a esfera federal, a pasta atuará imediatamente.

Ele também afirmou que a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal estão em contato com o Ministério da Justiça para agir em caso de crime federais.

“Desde cedo, eu e os diretores gerais da PF e da PRF estamos em diálogo e definindo novas providências sobre atos antidemocráticos que podem configurar crimes federais. Vamos manter a sociedade informada. Pequenos grupos extremistas não vão mandar no Brasil”, afirmou.

Em outros tuítes, Dino falou sobre atos políticos em São Paulo e em algumas outras cidades, “inclusive com absurdas agressões”. Segundo ele, a atribuição constitucional, em um primeiro momento, é das esferas policiais locais. “Quando se caracterizar a competência federal, estamos mobilizados para atuar imediatamente”, disse.

“Depois do registro da ocorrência policial, sugiro o envio ao Ministério Público, que certamente vai atuar contra arruaceiros nas suas cidades. Sobre crimes federais, estamos tomando todas as providências, inclusive na manhã deste sábado”, confirmou o ministro.

—-

Da Redação com informações do site Metrópoles

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -