30.3 C
Manaus
quarta-feira, junho 12, 2024

Em Manicoré, Lúcio Flávio fecha contratos para gastar mais R$16,5 milhões apenas com compra de combustível

O valor é referente a dois contratos firmados pela Prefeitura do município com diversas empresas na segunda-feira, 12/12. A homologação dos contratos foi publicada no Diário Oficial da Associação Amazonense dos Municípios (AMM) dessa terça-feira, 13/12. Conforme os documentos algumas empresas coincidentemente foram vencedoras de lotes nos dois processos licitatórios

Por

Justificando a necessidade de atender as secretarias do município de Manicoré, o prefeito da cidade, Lúcio Flávio (PSD), pretende gastar mais de R$ 16,5 milhões com a compra de combustíveis. O valor é referente a dois contratos firmados pela Prefeitura do município com diversas empresas na segunda-feira, 12/12.

A homologação dos contratos foi publicada no Diário Oficial da Associação Amazonense dos Municípios (AMM) dessa terça-feira, 13/12. Conforme os documentos algumas empresas coincidentemente foram vencedoras de lotes nos dois processos licitatórios.

O mais caro deles, referente licitação nº 115/2022, estimado em mais de R$ 13 milhões teve como objetivo a “aquisição de combustíveis e derivados de petróleo para atender as demandas de todas as secretarias do município de Manicoré”.

Nesse acordo, cinco empresas foram vencedoras do procedimento. A Manicoré Comercio de combustíveis LTDA, CNPJ: 26.615.307/0001-90, foi contratada pelo valor global de R$ 5.700.000,00 (cinco milhões e setecentos mil reais). O maior valor dessa licitação.

Além dela, a Francisco da Costa Gomes LTDA, CNPJ: 43.405.071/0001-87, também venceu um dos lotes do certame pelo valor global de R$ 2.024.300,00 (dois milhões, vinte e quatro mil e trezentos reais).

Já a Werlen Torres Palheta EIRELI, CNPJ: 29.178.849/0001-31, firmou o segundo maior contrato referente ao acordo, no valor global de R$ 4.560.000,00 (quatro milhões e quinhentos e sessenta mil reais).

As demais vencedoras foram a N. Bentes da Silva, CNPJ: 00.776.197/0002-36, pelo valor total de R$ 717.400,00 (setecentos e dezessete mil e quatrocentos reais) e a Jobson França da Silva Feio, CNPJ: 03.773.647/0001-44, pelo valor de R$ 79.200,00 (setenta e nove mil e duzentos reais).

Confira:

Outro contrato – As empresas N. Bentes da Silva, a Jobson França da Silva Feio e a Werlen Torres Palheta Eireli também venceram lotes do outro certame firmado na mesma data para “aquisição de combustíveis e derivados de petróleo para a Semsa”.

Na somatória total, o Pregão Presencial Por Registro de Preço nº. 114/2022 – CPL/PMM, que atestou seis empresas vencedoras do procedimento, ficou estimado em mais de R$ 3,4 milhões.

Sendo a Zenilson Rodrigues Batista, CNPJ: 27.984.992/0001-95, contratada pelo valor global de R$ 1.552.000,00 (um milhão e quinhentos e cinquenta e dois mil reais). O valor é o mais alto entre as empresas contratadas.

Outras vencedoras foram a A. P. V. Comércio Derivados de Petróleo LTDA, CNPJ: 06.896.627/0001-59, no valor global de R$ 303.150,00 (trezentos e três mil e cento e cinquenta reais) e a Francisco da Costa Gomes LTDA, CNPJ: 43.405.071/0001-87, no valor global de R$ 223.554,80 (duzentos e vinte e três mil, quinhentos e cinquenta e quatro reais e oitenta centavos).

Além delas também venceram o certame a N. Bentes da Silva, CNPJ: 00.776.197/0002-36, pelo valor global de R$ 246.600,00 (duzentos e quarenta e seis mil e seiscentos reais); a Jobson França da Silva Feio, CNPJ: 03.773.647/0001-44, no valor total de R$ 242.825,00 (duzentos e quarenta e dois mil e oitocentos e vinte e cinco reais) e a Werlen Torres Palheta Eireli, CNPJ: 29.178.849/0001-31, pelo valor global de R$ 924.000,00 (novecentos e vinte e quatro mil reais).

Confira:

Questionamentos – Os dois documentos de homologação, referente aos procedimentos licitatórios, não especificam que tipo de produto será fornecido pelas empresas e nem os valores individuais dos produtos.

Com base nisso e na “necessidade” do gasto milionário, o Portal O Convergente entrou em contato com a Prefeitura de Manicoré pedido mais informações sobre o gasto, porém até a publicação da matéria não obteve resposta.

— —

Da Redação

Fotos: Divulgação/ Capa: Marcus Reis

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -