25.3 C
Manaus
sábado, maio 25, 2024

Silas Câmara admite que cometia ‘rachadinha’ em 2001 e se diz arrependido da prática

“Confissão” veio após o parlamentar fazer acordo com a PGR na última semana e pagar multa de R$ 242 mil

Por

Após firmar acordo com a Procuradoria-Geral da República (PGR), o deputado federal pelo Amazonas, Silas Câmara (Republicanos), admitiu que praticou o crime de “rachadinha”, do qual era acusado em uma Ação Penal. O crime consistia em receber devolução de parte do dinheiro que era pago aos funcionários de gabinete.

Em documento, o parlamentar afirma que, entre janeiro de 2000 e dezembro de 2001, recebeu, indevidamente, parte dos pagamentos de seus assessores parlamentares. “[…] recebi transferências e depósitos feitos por assessores parlamentares nomeados para o gabinete, após receberem seus respectivos vencimentos”, diz Silas no documento.

O deputado também se declara arrependido da prática. Além disso, Silas Câmara informa que a prática criminosa foi encerrada em 2001. No acordo, o deputado federal pagará uma multa de R$ 242 mil.

 

Da Redação

Foto: Mateus Bonomi / Folhapress

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -