26.3 C
Manaus
sexta-feira, maio 17, 2024

Cofre aberto: Prefeito de Manicoré fecha acordo para compra de utensílios de cozinha enquanto população reclama de falta de infraestrutura na cidade

Esta é a segunda aquisição realizada nesta semana para a Secretaria Municipal de Promoção Social, e segundo o Despacho de Homologação publicado nessa sexta-feira, 25/11, os itens serão destinados para a estruturação da Rede de Serviços do SUAS (G19), no município

Por

O prefeito de Manicoré, Lúcio Flávio (PSD), vai realizar uma compra de materiais de copa e cozinha para atender as necessidades da Secretaria Municipal de Promoção Social. Enquanto isso, moradores do bairro de Andaraí, no município, reclamam de ruas sem infraestrutura e fazem protesto jogando pés de bananeiras dentro dos buracos que tomaram conta da rua do Sindicato.

Nas redes sociais, os moradores pediram providências por parte da Prefeitura de Manicoré e do prefeito Lúcio Flávio. “Pedimos encarecidamente ao secretário de infraestrutura para que venha fazer a vistoria neste bairro, nesta rua e venham rapidamente fazer o recapeamento pois o povo fará ainda mais protestos onde estiver ruas esburacadas deixando o aviso ao prefeito Lúcio Flávio do Rosário tomar as medidas cabíveis para que as ruas da cidade venham ser recapeadas”, dizia a publicação.

Esta é a segunda aquisição realizada nesta semana para a pasta, e segundo o Despacho de Homologação publicado nessa sexta-feira, 25/11, os itens serão destinados para a estruturação da Rede de Serviços do SUAS (G19), no município.

A aquisição será feita por meio do Pregão Presencial Nº 113/2022 e vai custar aos cofres públicos o valor de R$ 163.809,90. Entre os itens, estão desde abridor de latas, coadores, formas de bolo, peneiras, rolo para abrir massas, tapetes, dentre outros.

A compra anterior para a pasta, conforme divulgado pelo Portal O Convergente nessa sexta-feira, 25/11, é de materiais de expediente, no valor de mais de R$ 1 milhão, sendo que mais de meio milhão é para a compra de papel ofício tamanho A4.

Os novos itens serão fornecidos por duas empresas: C. Pantoja da Silva com CNPJ N° 02.045.910/0001-16, e a R N Albuquerque Brasil Eireli, CNPJ N° 03.699.397/0001- 40. A empresa C. Pantoja, mais conhecida como Pinheiro Ferragens e Material de Construção, vai fornecer 21 itens e receber o valor de R$ 104.599,90 (cento e quatro mil quinhentos e noventa e nove reais e noventa centavos).

O empreendimento é especialista em comércio varejista de materiais de construção em geral e possui mais de 20 atividades secundárias e não há divulgação do quadro social no site da Receita Federal.

Já a empresa R N Albuquerque Brasil Eireli, mais conhecida como Mercadinho Bombom, vai fornecer dezenove itens pelo valor de R$ 59.210,00 (cinquenta e nove mil duzentos e dez reais). A empresa é representada pelos sócios Raimunda Nonata Albuquerque Brasil e Michel Brasil de Paula.

Procurados pela reportagem do Portal O Convergente, para dar mais informações em relação a estas compras realizadas para a Secretaria de Promoção Social de Manicoré são de fatos necessárias nesse momento em que a população pede melhor infraestrutura nas ruas de bairros de Manicoré, no entanto, não houve retorno das informações.

Confira os documentos:

Da Redação

Fotos: Divulgação / Ilustração: Marcus Reis

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -