32.3 C
Manaus
quinta-feira, junho 20, 2024

Mesmo após denúncias, titular da Secretaria Estadual de Saúde de Roraima ainda acumula cargos e recebe ‘dobrado’

Cecília Smith Lorezom, que seria protegida do governador Antonio Denarium (PP), já teria recebido quase R$ 900 mil dos cofres públicos do Estado com o salario dos cargos que tem como secretária de saúde e como Conselheira Administrativa na Companhia Energética (CERR)

Por

A titular da Secretaria Estadual de Saúde de Roraima (Sesau), Cecília Smith Lorezom, mesmo após denúncia, ainda estaria cumulando dois cargos no governo de Roraima. A secretária, que seria protegida do governador Antonio Denarium (PP), já teria recebido quase R$ 900 mil dos cofres públicos do Estado com o salário dos cargos que tem como secretária de saúde e como Conselheira Administrativa na Companhia Energética (CERR).

A secretária, que já foi alvo de denúncias, devido ao acumulo de cargo assim estaria recebendo pelos dois órgãos do Estado. Os pagamentos conforme denúncia estaria sendo feitos desde 2020.

Em pesquisa realizada no Portal da Transparência do site do Governo de Roraima, é possível verificar a informação de que pela secretaria de saúde Lorezom tem renda bruta de R$ 23.175,00. Já como Conselheira Administrativa da CERR, ele estaria recebendo ao mês o montante de pouco mais de R$ 5 mil reais.

Confira:

Suposta proteção – Somente na atual gestão de Antonio Denarium (PP), Cecília Lorezom foi nomeada duas vezes para comandar a Sesau. A pasta é considerada como uma das mais problemáticas e que já foi alvo de denúncias, inclusive, investigada pela CPI da Saúde.

Conforme denúncias feitas por funcionários do governo de Roraima, a secretária tem conseguido ficar nos dois cargos ao mesmo tempo devido a influência que tem no Governo de Denarium.

“O cargo de secretária é dedicação exclusiva! Dessa forma, como ela pode atuar como conselheira da CERR?”, questionou um servidor da Sesau, que preferiu não ter o nome revelado por medo de represálias.

O caso já foi noticiado em alguns veículos de comunicação, mas o Governo de Roraima, até então, se manteve em silêncio sobre a suposta “fraude”.

— —

Da Redação

Fotos: Divulgação/ Ilustração: Neto Ribeiro

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -