26.3 C
Manaus
sexta-feira, maio 17, 2024

Em reunião do PSD, Marcelo Ramos cita apoio do partido a Lula como ‘chamado pela democracia’

No encontro, ocorrido na noite dessa quinta-feira, 6/10, em São Paulo, Ramos, fez críticas a gestado do atual presidente Bolsonaro e destacou feitos que o governo de Lula e da ex-presidente Dilma Roussef fizeram no Amazonas

Por

O Deputado federal Marcelo Ramos (PSD) foi um dos vários políticos do PSD, que participaram de uma reunião para manifestar apoio ao candidato à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). No encontro, ocorrido na noite dessa quinta-feira, 6/10, em São Paulo, Ramos, fez críticas a gestado do atual presidente Jair Bolsonaro (PL) e destacou feitos que o governo de Lula e da ex-presidente Dilma Roussef fizeram no Amazonas.

“Quero dizer que o PSD Amazonas integralmente caminha com o senhor. Isso é a deliberação da nossa executiva estadual, que o senador Omar Aziz preside, e da executiva Municipal, que eu presido. Conte conosco”, disse Ramos ao iniciar seu discurso.

O parlamentar, que não foi reeleito ao cargo no primeiro turno das eleições, ocorrido no último domingo, 2/10, destacou que “ninguém foi tão cruel contra a Zona Franca de Manaus” quanto o presidente Jair Bolsonaro, candidato à reeleição, ao comparar as ações feitas pelos ex-presidentes Lula e Dilma.

Ao ressaltar seu apoio ao então candidato, ele falou que o apoio do partido a Lula é um “chamado pela democracia”.

“Eu escrevi há um tempo um texto do porquê Lula. Nós podemos ter profundas divergências econômicas. Eu sou um liberal do ponto de vista econômico, mas o que está em jogo é o direito de nós disputarmos opinião. É o direito de nós disputarmos posições políticas nesse país. Porque a vitória do Bolsonaro vai tirar de todos os democratas brasileiros o direito de disputar posições políticas. O chamado que temos que fazer aqui, é um chamado por todos que tem responsabilidade com a democracia”, concluiu Ramos.

A reunião contou com o candidato a vice-presidente de Lula, Geraldo Alckmin (PSB) e medalhões do PSD como o senador Otto Alencar e o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes.

— —

Da Redação

Foto: Reprodução/ Internet

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -