26.3 C
Manaus
quarta-feira, abril 24, 2024

Criado na gestão de Teresa Surita, festival ‘Boa Vista Junina’ é o maior evento cultural da cidade

Com a sua marca consolidada, o Boa Vista Junina garante o desenvolvimento econômico da capital e, consequentemente, do Estado

Por

Um dos maiores festivais juninos da Amazônia, o “Boa Vista Junina”, criado em 2001, no segundo mandato da ex-prefeita da capital roraimense, Teresa Surita (MDB), vem crescendo ao passar dos anos e proporcionando emprego e renda para diversas famílias de Boa Vista.

À época, a festa era realizada na frente da Praça Capitão Clóvis, mas com o passar dos anos e a tradição que a festa se tornou, o local teve que ser remanejado para a Praça do Centro Cívico, proporcionando diversão e lazer aos moradores como também aos quadrilheiros.

E como a festa expandiu ainda mais, Teresa Surita entregou as obras da Praça Fábio Marques Paracat, uma extensão do complexo Ayrton Senna, a festa ganhou um espaço ainda maior para a realização das nacionais, disputas acirradas de grupos folclóricos locais e convidadas. Com Teresa, os quadrilheiros de Boa Vista fizeram até apresentações em New York, nos Estados Unidos.

“Boa Vista Junina” – A festa, que acontece este ano de forma presencial, continua  durante a gestão do prefeito Arthur Henrique (MDB), eleito em 2020 com o apoio de Teresa Surita. Ela marca o reencontro entre as famílias, após dois anos de pandemia, e traz de volta aquele sentimento especial que só quem vive o movimento junino e quadrilheiro sabe explicar.

Consolidada – Com a sua marca consolidada, o Boa Vista Junina garante o desenvolvimento econômico da capital e, consequentemente, do Estado. Isso porque, durante as festas, os hotéis da capital ficam movimentados, os setores de transporte e os segmentos alimentícios, de costura e prestadores de serviços, dentre outros, são super aquecidos. O que é aplicado de recursos públicos no arraial retorna em emprego e renda para as famílias que aguardam o ano inteiro a chegada desta data.

Gestão de Arthur Henrique – Após dois anos sem ser realizado devido à pandemia da Covid-19, o Boa Vista Junina voltou a aquecer o coroação dos roraimenses. Agora, na gestão de Arthur Henrique (MDB), que foi vice-prefeito de Teresa no mandato de 2017 a 2020, o evento deste ano conta com a participação de mais 40 grupos de quadrilhas juninas.

Neste ano, a estrutura é considerada uma das maiores dos últimos temos, com vários ambientes como, por exemplo, dois palcos, praça de alimentação, arena junina e espaço para as crianças.

O evento está sendo realizado desde o último sábado, na Praça Fábio Marques Paracat, com transmissão ao vivo por meio da página oficial da Prefeitura de Boa Vista no Facebook e no YouTube.

Renda mesmo durante pandemia – Durante o período de pandemia que impossibilitou a realização presencial do Boa Vista Junina, Teresa Surita, enquanto gestora da capital, garantiu auxílios a músicos, quadrilheiros e demais profissionais com o Boa Vista Junina on-line, em formato virtual. Com isso, quem vive da renda das festas juninas pôde ter acesso a benefícios financeiros.

“O Boa Vista Junina é um dos maiores eventos do estado de Roraima e, por isso, é uma época muito importante para quem trabalha comercializando alimentos e prestadores de serviços. O Boa Vista Junina não é só uma grande festa cultural, é, de fato, uma ação de governo que traz inúmeros benefícios a todos, seja no lazer, na geração de emprego, movimentando a economia. O nosso olhar, em todas as festas, sempre foi para as pessoas. E o dever de um gestor é cuidar de todos”, disse Teresa.

 

Da Redação

Foto: Divulgação / PMBV

Fique ligado em nossas redes

spot_img

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -