25.3 C
Manaus
sábado, maio 25, 2024

Profissionais de Enfermagem irão às ruas para pedir celeridade em votação de projeto que prevê reajuste salarial para a categoria

A Carreata pela valorização da Enfermagem, como tem sido intitulada pela categoria, ocorrerá na próxima terça-feira, 8/3, a partir das 8h30 com concentração na avenida do Samba. O percurso, que inicia as 9h seguirá até a da Ponta Negra onde o grupo vai ser concentrar próximo a pista de skate. Além do Coren e do Sateam o movimento tem o apoio de entidades de representação de classe, estabelecimentos de saúde e instituições de ensino, a segunda edição da Carreata pela valorização da Enfermagem

Por

Com o objetivo de chamar a atenção das autoridades políticas e da sociedade em geral o Conselho Regional de Enfermagem do Amazonas (Coren-AM) irá realizar, em parceria com o Sindicato dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem do Amazonas (Sateam) e com apoio de entidades de representação de classe, uma carreata para pedir celeridade na votação Projeto de Lei (PL) 2564/2020. O PL que trata sobre o piso salarial da categoria e está tramitando na Câmara dos Deputados desde o final de 2021, desde que foi aprovado no Senado, no dia 24 de novembro do ano passado.

A Carreata pela valorização da Enfermagem, como tem sido intitulada pela categoria, ocorrerá na próxima terça-feira, 8/3, a partir das 8h30 com concentração na avenida do Samba. O percurso, que inicia às 9h, seguirá até a Ponta Negra, onde o grupo vai ser concentrar próximo a pista de skate.

Além do Coren-AM e do Sateam, o movimento tem o apoio de entidades de representação de classe, estabelecimentos de saúde e instituições de ensino, a segunda edição da Carreata pela valorização da Enfermagem.

“Este é um momento crucial para a enfermagem. Conseguimos no ano passado aprovar o PL 2564 no Senado, e já conseguimos provar aos deputados que o impacto orçamentário e financeiro do piso salarial nacional da categoria é executável. Agora é hora de mobilizar toda a categoria a se manter focada para pedir que a matéria seja votada em caráter de urgência no Congresso Nacional. Já temos o apoio da maioria dos deputados federais, mas precisamos que o presidente da Câmara, Arthur Lira, coloque o projeto em pauta o mais breve possível”, destacou o  presidente do Coren-AM, Sandro André .

O projeto – O piso salarial que por muito tempo tem sido uma das maiores reivindicações dos profissionais de saúde perante os órgãos responsáveis, recentemente ganhou destaque no plenário diante do PL 2564/2020 apresentado pelo senador Fabiano Contarato (Rede), o que causou uma grande comoção por parte dos profissionais de enfermagem e levou os Conselhos Regionais de todo país a se posicionarem e exigirem dos parlamentares um veredito.

A proposta do piso estabelece salário mensal a partir de R$ 4.750 para enfermeiros e remunerações proporcionais de 70% do valor para os técnicos e 50% para auxiliares e parteiras, corrigidos pelo Índice de Preços ao Consumidor (INPC).

Valorização – A aprovação do projeto, segundo o presidente do Coren no Amazonas, Sandro André, é o ponto de partida para a valorização da Enfermagem no geral e a recompensa para os trabalhadores que dedicam suas vidas a cuidar dos cidadãos.

“Desde o início da pandemia a atuação dos profissionais de enfermagem tem ganhado destaque por terem um papel fundamental e integrarem a linha de frente na luta contra a COVID-19, infelizmente os profissionais enfrentam uma dura realidade cercada de dificuldades, dedicando suas vidas para cuidar de pessoas, mas não vamos deixar nada disso ser em vão. Vivemos uma luta histórica por melhorias salariais e melhores condições de trabalho. O objetivo dessa Carreata é reforçar a nossa luta e chamar a atenção das autoridades e da sociedade para as todas as reivindicações apresentadas, o evento está aberto para todos aqueles que apoiam e se sensibilizam com a nossa causa, esperamos alcançar uma quantidade grande de pessoas para que o piso salarial da enfermagem seja colocado em pauta, votado e aprovado pela Câmara dos Deputados como reconhecimento do trabalho árduo que desempenhamos, não apenas na pandemia, mas em todos esses anos de luta”, destacou Sandro André.

— —

Da Redação com informações da assessoria de imprensa

Foto: Divulgação

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -