29.3 C
Manaus
quinta-feira, junho 20, 2024

Prédio da CMM é evacuado por suspeita de bomba

Na manhã desta quarta-feira, 10, por volta de 10h50, servidores e vereadores da CMM tiveram de evacuar o prédio por suspeita de bomba. Testemunhas disseram ter ouvido uma forte explosão e sentido cheiro de pólvora. No momento do ocorrido estava sendo realizada uma Tribuna Popular sobre Novembro Azul

Por

Vereadores e funcionários da Câmara Municipal de Manaus (CMM) foram evacuados do prédio após escutarem uma forte explosão e sentirem cheiro de pólvora na manhã desta quarta-feira, 10/11, por volta das 10h50. Os colaboradores foram orientados pela Brigada de Incêndio da Casa a ficarem do lado de fora do prédio enquanto faziam a vistoria. Sem saber a explosão se tratava de simulação ou não, todos que estavam no prédio saíram de forma desordenada, causando tumulto.

No momento do ocorrido estava sendo realizada uma Tribuna Popular sobre Novembro Azul, que foi encerrada imediatamente pelo vereador Mitoso (PTB), que presidia os trabalhos. Testemunhas disseram sentir cheiro de pólvora e especularam se tratar de uma bomba caseira. Conforme um Bombeiro Civil, que esteve do lado de fora para tranquilizar funcionários e vereadores, se tratou de uma simulação.

A informação foi questionada por um grupo de vereadores, que se mostraram contrariados com o ocorrido. Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, o vereador Carpê Andrade (Republicanos), antes de ser informado se tratar de uma possível simulação, afirmou ter acionado o Grupamento de Manejo de Artefatos Explosivos (Marte) para averiguar sobre um possível artefato.

“Informaram se tratar de uma simulação, mas se realmente foi isso não concordo com a forma com que foi feito. Houve desespero, correria. Houve irresponsabilidade. A verdade é que não se sabe se foi simulação ou não. Estamos no aguarda de um pronunciamento oficial da Casa Legislativa”, disse Carpê.

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA CMM

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador David Reis (Avante), informa por meio da Diretoria de Comunicação da Casa, que foi realizada nesta quarta-feira (10/11), por volta das 10h, no Palácio dos Manaós, sede do parlamento municipal em Manaus, localizado na avenida Padre Agostinho Caballero Martin, zona Oeste de Manaus, uma simulação de incêndio coordenada pelo seu Grupo de Brigadistas, com intuito de avaliar o tempo de pronta resposta de servidores, colaboradores e parlamentares diante de um sinistro real.

Durante a simulação, os brigadistas foram divididos em grupos, espalhados por todos os pisos do Palácio dos Manaós, orientando a saída dos ocupantes do prédio pelas rotas de fuga, até o local de encontro no pátio externo, tão logo foi acionado a sirene de alarme de incêndio.

Reforçando o trabalho, equipes do Setor Médico da Câmara estavam à postos nos corredores, saídas de emergência e na área externa do prédio, para auxiliar, se necessário, na retirada de possíveis vítimas em estado de pânico e também atender qualquer possível ocorrência médica, o que não se fez necessário.

David Reis esclarece que todos os procedimentos foram realizados de acordo com as normas técnicas que esse tipo de ação requer, seguindo criteriosamente todos os requisitos de segurança, para os quais o Grupo de Brigadistas da Câmara foi devidamente qualificado e treinado para executar.
O presidente David Reis parabenizou a todos os servidores envolvidos na ação, que ocorreu de forma satisfatória, do ponto de vista da pronta respostas dos ocupantes do prédio, sem nenhuma intercorrência.

Confira os vídeos:

 

_ _

Da Redação

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -