32.3 C
Manaus
quinta-feira, junho 20, 2024

Governo do Estado começa a receber propostas do setor primário para fomento de R$ 20 milhões

A partir da publicação do edital do setor primário as entidades interessadas poderão enviar suas propostas e planos de trabalhos para avaliação por meio de Protocolo Virtual do FPS, no endereço eletrônico https://online.sefaz.am.gov.br/protocoloAM/. O edital será publicado nesta segunda-feira, 18/10

Por

O Governo do Amazonas, por meio do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), lançou o edital nº 002/2021 para a seleção de Organizações da Sociedade Civil (OSCs) interessadas em firmar termo de fomento por meio de Edital para o Setor Primário. O valor destinado a este edital é de R$ 20 milhões e interessados poderão enviar suas propostas a partir desta segunda-feira, 18/10.

A partir da publicação do edital do setor primário as entidades interessadas poderão enviar suas propostas e planos de trabalhos para avaliação por meio de Protocolo Virtual do FPS, no endereço eletrônico https://online.sefaz.am.gov.br/protocoloAM/.

Também é possível encaminhar o projeto físico diretamente ao protocolo do FPS, localizado na sede do Governo do Amazonas, na avenida Brasil, 3.925, bairro Santo Agostinho, zona oeste de Manaus, das 8h ao meio-dia e das 13h às 17h. As propostas deverão ser enviadas tanto por meio do Protocolo Virtual, como de forma física, até o dia 18/11.

O edital foi anunciado no final de semana, pelo governador Wilson Lima (PSC), durante uma ação do Governo do Estado em Parintins.

Poderão participar da seleção associações e cooperativas do Setor Primário voltadas à criação de oportunidades, melhorias no escoamento da produção e demais trabalhos das entidades que proporcionem acessibilidade, dignidade e qualidade laboral ao trabalhador rural e, consequentemente, autosustentação da produção, valorização da matéria prima e aumento de renda.

FPS– O Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza, atua fomentando projetos autossustentáveis, de geração de emprego, renda e inclusão social, que garantem os direitos dos idosos, crianças, adolescentes e pessoas com deficiência, pessoas com vulnerabilidade social e econômica.

— —

Da Redação com informações da assessoria de imprensa

Foto: Lucas Silva/ Secom

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -