25.3 C
Manaus
sábado, maio 25, 2024

Em áudio, Roberto Jefferson chama Alexandre de Moraes de ‘cachorro do Supremo’ e Barroso de ‘pederasta’

Em uma das mensagens, Jefferson declara que sua prisão por ordem do STF é o retrato de que o País vive o que chama de “ruptura da ordem democrática”.

Por

Antes de ser preso nesta sexta-feira, 13/8, por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson enviou um áudio a amigos pelo Whatsapp, deu orientações e atacou os ministros do STF.

Em uma das mensagens, Jefferson declara que sua prisão por ordem do STF é o retrato de que o País vive o que chama de “ruptura da ordem democrática”.

Roberto Jefferson chamou o ministro de cabeça de ovo e vagabundo. “Quando esse cabeça de ovo do Xandão, esse vagabundo lá de São Paulo, bandido, cachorro do Supremo. Quando ele abre um inquérito contra um presidente da república, contra o ministro da Justiça e um delegado da Polícia Federal, ele perde o respeito a tudo”.

No fim do áudio, ele volta a chamar o ministro Alexandre de Moraes de bundão e o Barroso de pederasta. E manda um aviso: “Eu estou aqui para resistir. Essas figuras não me assustam. Daqui a pouco eu estou fora. A luta continua”.

— —

Foto: Divulgação

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -