26.3 C
Manaus
terça-feira, julho 16, 2024

Governador participa de lançamento do plano ‘Guardiões do Bioma’ de repressão ao desmatamento ilegal

Wilson Lima participou em Brasília do lançamento do primeiro Plano Estratégico Operacional de Atuação Integrada no Combate a Incêndios Florestais – Guardiões do Bioma, na sede do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). Lima destacou a atuação do governo na repressão ao desmatamento ilegal.

Por

O governador Wilson Lima (PSC) participou nesta quinta-feira, 22/7, do lançamento do primeiro Plano Estratégico Operacional de Atuação Integrada no Combate a Incêndios Florestais – Guardiões do Bioma, na sede do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), em Brasília. Durante a agenda oficial, Wilson Lima destacou a atuação do Governo do Amazonas na repressão ao desmatamento ilegal neste ano.

A operação é uma soma de esforços entre a União – por meio do MJSP, o Ministério do Meio Ambiente e o Ministério do Desenvolvimento Regional – e estados para a preservação dos biomas. Além do Amazonas, o plano contempla 11 estados nos biomas da Amazônia, Cerrado e Pantanal, e prevê 6 mil servidores atuando de forma conjunta. A iniciativa é pioneira e conta, diretamente, com polícias militares e Corpo de Bombeiros.

As ações integradas são importantes para combater os ilícitos ambientais, segundo o governador Wilson Lima.

“A agenda que nós tivemos no Ministério da Justiça foi para o lançamento de um programa de combate ao desmatamento e às queimadas nesse período em que a gente começa o verão amazônico. É importante a gente combater esses atos criminosos, que são ilegais. Levando em consideração que a gente tem trabalhado muito para garantir ao trabalhador, para garantir ao pessoal da agricultura familiar, todo seu licenciamento ambiental e para que tenham todas as condicionantes para que possam produzir”, disse o governador.

Combate – O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, destacou o apoio dos estados que estão engajados em apoiar a operação. “Nosso trabalho não será só de ajudar a apagar os incêndios, mas também responsabilizar os criminosos que atuam nessas áreas”, destacou.

O ministro do Meio Ambiente, Joaquim Álvaro Pereira Leite, também participou do lançamento do plano. “Nós precisamos antecipar a ação e com o lançamento desse plano podemos mostrar para os brasileiros e para o mundo essa ação conjunta do governo federal no combate aos crimes ambientais”, disse o ministro.

Ações do Estado – Desde o início de abril, o Governo do Amazonas atua na repressão ao desmatamento ilegal, por meio da Operação Integrada Tamoiotatá. Está em curso a sétima fase de ações dessa operação no sul do Amazonas. O foco é nas cidades de Lábrea e Apuí, que figuram entre os municípios mais vulneráveis da Amazônia Legal, em decorrência de ocupações irregulares em áreas públicas, em especial, em áreas da União.

Até o dia 2 de julho, as áreas de gestão federal representavam 76% de toda área desmatada no Amazonas em 2021, entre assentamentos federais (320,50 km²), glebas federais (406,77 km²) e Unidades de Conservação Federais (9,15 km²), conforme dados do Sistema Deter, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Na última semana, representantes do Governo do Amazonas estiveram em reunião com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), para viabilizar a integração das agendas de combate aos ilícitos ambientais. Em paralelo, o Amazonas enviou um ofício ao Governo Federal formalizando a adesão do Estado à Garantia da Lei e da Ordem (GLO), que permite a ação das Forças Armadas no combate a crimes ambientais em território amazonense.

Em maio, o governador decretou Situação de Emergência Ambiental na Região Metropolitana de Manaus e anunciou a adesão do Amazonas à GLO do Governo Federal. A formação de brigadistas é uma das estratégias do Governo do Amazonas para fortalecer as frentes de combate, aliada à prevenção

Ao todo, o Governo do Estado já formou 145 brigadistas em seis municípios do sul do Amazonas, e até o mês que vem serão 200 nos nove municípios da região sul do estado.

— —

Com informações da assessoria de imprensa

Foto: Diego Peres/Secom

 

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -