26.3 C
Manaus
quarta-feira, julho 24, 2024

Bolsonaro é internado em Brasília e agenda presidencial em Manaus vira dúvida

Nesta madrugada, o presidente Jair Bolsonaro foi internado com fortes dores abdominais e a agenda que ele cumpriria em Manaus, nos dias 16 e 17 vira dúvida. Os organizadores, porém, seguem otimistas de que Bolsonaro cumprirá as agendas

Por

A presença do presidente Jair Bolsonaro em Manaus nesta semana, nos dias 16 e 17, virou dúvida nesta quarta-feira, 14/7, após ele sentir fortes dores abdominais e precisar ser internado, nesta madrugada, no Hospital das Forças Armadas, em Brasília para realização de exames. O presidente está há pelo menos 10 dias com uma crise de soluços.

Em nota, a Secretaria de Especial de Comunicação Social (Secom), confirmou que o presidente deu entrada no hospital para “investigar a causa dos soluços”, e que o Bolsonaro está “animado e passa bem”.

Conforme a nota oficial da presidência da República, Bolsonaro deverá ficar em observação entre 24 e 48 horas. Nesta quarta-feira, o presidente teria um encontro com os presidentes dos Três Poderes, conforme divulgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), mas toda a agenda presidencial foi cancelada.

Mesmo assim, os organizadores da motociata do presidente em Manaus garantem a participação de Bolsonaro no sábado, dia 17. Por meio da assessoria de imprensa, Alfredo Menezes (Patriota), um dos principais interlocutores do presidente no Estado, a vinda de Bolsonaro a Manaus está mantida como o programado.

“A presença do presidente Jair Bolsonaro em Manaus está mantida. Até o momento, somente a agenda desta quarta-feira do presidente foi suspensa”, informou via assessoria.

De acordo com a agenda oficial do presidente em Manaus, ele participa na sexta-feira, 16, de solenidade para anunciar repasses financeiros e da entrega de 500 apartamentos do residencial Cidadão Manauara 2, etapa B, no bairro Santa Etelvina, zona Norte. No sábado, 17, Bolsonaro deve conduzir a motociata coordenada por apoiadores e movimentos conservadores do Amazonas.

Nota da Secom

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, por orientação de sua equipe médica, deu entrada no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, nesta quarta-feira (14) para a realização de exames para investigar a causa dos soluços.

Por orientação médica, o presidente ficará sob observação, no período de 24 a 48 horas, não necessariamente no hospital. Ele está animado e passa bem.

Secretaria Especial de Comunicação Social.

Por Lana Honorato

Foto: Divulgação

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -