26.3 C
Manaus
terça-feira, julho 16, 2024

Sem aulas presenciais, Coari gasta mais de R$ 5 milhões com fardamento escolar

Compras de fardas e material escolar foram licitadas em 2020 e 2021, quando as aulas presenciais foram suspensas por conta da pandemia de Covid-19

Por

Na maioria dos municípios do Estado do Amazonas as aulas presenciais ainda não voltaram a acontecer como medida de prevenção à Covid-19. Em Coari (a 262 quilômetros de Manaus), porém, que segue sem aulas presenciais, isso não impediu que a secretaria de educação do município gastasse mais de R$ 2 milhões com a compra de fardamento escolar e mochilas para os alunos da rede municipal de ensino. No ano passado, o então prefeito Adail Filho (PP) gastou quase R$ 3 milhões com a compra do mesmo material.

Para o pagamento do contrato firmado este ano, pelo secretário de educação e cultura da cidade, Edivaldo Gonçalves e as empresas 2CM da Amazônia – comércio varejista de artigos de papelaria – e Saraiva Comércio de Confecções Eireli, a secretaria de educação vai desembolsar o valor total de R$ 2.633.962,34 (dois milhões, seiscentos e trinta e três mil reais, novecentos e sessenta e dois reais e trinta e quatro centavos).

O valor da compra, segundo as informações que constam no processo administrativo Nº 1006/2021 – SEMED, é referente a aquisição de 19 mil mochilas e 107 mil roupas de uniforme escolar, composto por calça e blusa.

A homologação do contrato não especifica se todo o material vai ser entregue de uma vez, no entanto, consta no documento que o material deve atender as necessidades da secretaria de educação pelo período de um ano.

Início de 2020 – No início de 2020, quando Adail Filho ainda era Prefeito de Coari, a prefeitura municipal também efetuou a compra, por meio de licitação, dos mesmos produtos e gastou quase R$ 3 milhões (R$2.899.757,67) para fazer o pagamento das empresas Lira Comércio de Produtos Alimentícios Eireli, Nasser Indústria e Comércio de Confecções Eireli, Plutão da Amazônia Ltda e Sally Sthefany Marques Andrade, vencedoras da licitação na época.

As aulas na cidade ainda não retomaram de forma presencial em 2021, mas na semana passada a secretaria municipal de educação entregou, de forma simbólica, fardamentos, mochilas e materiais escolares aos alunos da rede de ensino.

Na ocasião, a prefeita interina Dulce Menezes (MDB), presente no evento, disse que a intenção da entrega do material, claramente mais útil em aulas presenciais, é “garantir que os estudantes matriculados na rede municipal de ensino tenham meios de realizar suas atividades escolares em casa, com toda a segurança e conforto que merecem”.

Na cidade as aulas, segundo informações do site da Prefeitura de Coari, estão acontecendo de forma remota.

Kit Covid – As duas empresas vencedoras da licitação para a compra de mochila e fardamento escolar também vão fornecer, juntamente com a empresa Cesar de Jesus Glória Albuquerque Eireli, materiais e insumos de combate e prevenção à Covid-19 para a secretaria de educação.

O fornecimento de produtos como máscaras, termômetros, protetores faciais, borrifadores e tapetes sanitizantes vão custar aos cofres públicos o valor total de R$ 1.415.990,00 (um milhão, quatrocentos e quinze reais mil e novecentos e noventa reais). O contrato firmado em processo licitatório no início de abril deste ano tem validade de um ano a contar da data de sua homologação.

— —
Por Izabel Guedes

Confira os documentos: 

 

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -