27.3 C
Manaus
segunda-feira, julho 22, 2024

Superintendente da PF no AM formaliza notícia-crime contra Ricardo Salles no STF

As acusações dizem respeito à Operação Handroanthus, que fez apreensão recorde no país de madeira extraída ilegalmente

Por

O superintendente da Polícia Federal no Amazonas, Alexandre Saraiva encaminhou ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, ao Ministério Público Federal (MPF) e à direção-geral da corporação uma notícia-crime contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

O chefe da PF-AM está à frente de inquérito que apura crimes ambientais no Amazonas. A informação foi veiculada inicialmente na revista Veja.

No texto de 38 páginas, segundo a revista, Saraiva acusa o ministro do Meio Ambiente, o senador Telmário Mota (PROS-RR) e o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Eduardo Bim de crimes ambientais, advocacia administrativa e organização criminosa.

Como Salles e Telmário têm foro privilegiado, a notícia-crime foi enviada ao MPF para posterior encaminhamento à Procuradoria Geral da República (PGR).

As acusações dizem respeito à Operação Handroanthus, que, capitaneada pela PF no Amazonas, foi responsável pela apreensão – recorde no país – de aproximadamente 200.000 m³ de madeira extraída ilegalmente.

Salles defende que a madeira apreendida seja liberada, alegando que sua extração não foi ilegal.

— —

Foto: Divulgação

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -