26.3 C
Manaus
terça-feira, junho 18, 2024

Chefe da Polícia Federal no AM deve ser substituído após pedir investigação sobre Salles

Delegado Alexandre Saraiva disse que ministro do Meio Ambiente se aliou a madeireiros para atrapalhar apurações de crimes ambientais

Por

O superintendente da Polícia Federal no Amazonas, delegado Alexandre Saraiva pode ser substituído no cargo após ter apresentado uma notícia-crime contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles nesta quarta-feira, 14/4,no Supremo Tribunal Federal (STF).

Na notícia-crime, que tem como alvo também o senador Telmário Mota (Pros-RR), Saraiva afirma que o ministro e o senador tiveram uma parceria com o setor madeireiro “no intento de causar obstáculos à investigação de crimes ambientais e de buscar patrocínio de interesses privados e ilegítimos perante a Administração Pública”.

A notícia-crime é um instrumento usado para alertar uma autoridade — a polícia ou o Ministério Público — da ocorrência de um ilícito. O STF deverá decidir se abre a investigação contra Salles e Mota ou se arquiva.

Um dos cotados para substituir Saraiva no comando da Polícia Federal no Amazonas é o delegado Leandro Almada, o número dois da gestão de Saraiva.

— —

Foto: Divulgação

 

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -