27.3 C
Manaus
segunda-feira, julho 22, 2024

‘Governo pretende gastar mais de R$ 2 milhões com limpeza de piscinas’, diz Wilker Barreto

Denúncia aponta o não uso das piscinas devido a pandemia e que o remanejamento do valor permitiria a compra de 20 mil cestas básicas

Por

Na sessão plenária desta terça-feira, 6/4, o deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) denunciou, durante pronunciamento na tribuna do Plenário Ruy Araújo, na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), que a Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc) pretende gastar R$ 2.288.496,00 para realizar a limpeza de 39 piscinas semiolímpicas dos Centros de Educação de Tempo Integral (Ceti’s), na capital e no interior.

O parlamentar informou que do valor integral do contrato, com a empresa Amadeus Comercio e Representações LTDA-EPP, já foram empenhados pelo Governo do Estado R$ 1.907.080,00. O deputado enfatizou que a quantia, destinada para a limpeza das piscinas dos Ceti’s que não estão em funcionamento, seria suficiente para beneficiar aproximadamente 20 mil famílias com cestas básicas.

“O valor global para a empresa é R$ 2.288,496. Esse valor dividido por 39 e depois divido por 12 vai resultar em R$ 4.888 reais por unidade. Uma cesta básica no valor de R$ 100 reais garante uns 15 dias de alimentação”, explicou.

Representação – O deputado afirmou ainda que entrará com uma representação nos órgãos de controle para suspender o efeito do contrato Nº 05/2021, assinado no último dia 25 de março, conforme divulgação no Diário Oficial do Estado (DOE). Na oportunidade ele pediu apoio de outros parlamentares.

Na ocasião, Wilker destacou que o recurso para a manutenção do contrato milionário oriundo do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental (Fundeb) poderia ser utilizado com outras despesas, desonerando os gastos da Seduc ou remanejamento recursos para a assistência social.

“O que eu questiono é um governo que não prioriza a vida, o combate à fome e que não socorre a sociedade, mas gasta mais de R$ 2 milhões com piscina. Eu não sou contra a limpeza, mas essa insensibilidade me dói”, lamentou.

Ainda durante pronunciamento, Wilker lembrou que em 2019 denunciou o mesmo contrato. Conforme o deputado, na época, as empresas Amadeus e a R.M Machado e Cia receberam R$2.587.816,40 para realizarem a limpeza das piscinas de 52 Ceti’s. De acordo com ele, há época também foi constatado que ambas empresas foram pagas para limpar o mesmo local.

 

Por Lana Honorato
Foto: Wilkinson Cardoso
Com informações da Assessoria de Imprensa

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -